Baciada do futebol: Atletas encostados deste 25 de março

Pouco aproveitados em seus clubes, alguns jogadores poderiam render mais se defendessem outras camisas. Veja quem são

93510
False

Neste 25 de março de 2013, a equipe do FOXSports.com.br fez uma homenagem à conhecida rua na região central de São Paulo que foi batizada com a data. Famoso centro do comércio popular paulistano, a rua é famosa por reunir pechinchas, achados e muitos produtos piratas. Com isso, selecionamos os jogadores encostados, as deficiências dos times e tentamos montar os quebra-cabeças, mas sem pirataria.

Goleiros: Marcelo Grohe, Aranha e Paulo Victor

Bem servidos no gol, não é raro ver os grandes clubes do Brasil com duas boas opções para defender a meta: é o caso de Santos, Flamengo e, principalmente, o Grêmio. Marcelo Grohe, de 26 anos, terminou a temporada de 2012 como titular do Tricolor Gaúcho, mas o comandante da equipe, Vanderlei Luxemburgo, optou pela contratação do experiente Dida para a disputa da Copa Bridgestone Libertadores 2013 – o jovem promissor tem amargado a reserva desde então. Com o inseguro Alessandro na posição e Michel Alves no banco, o Vasco precisa de um arqueiro de peso, já Grohe quer voltar à condição de titular: um acordo entre time e jogador seria bom para os dois lados.

Com passagens pela Ponte Preta e pelo Atlético-MG, Aranha, 32, pouco entra em campo pelo Peixe, que tem Rafael, prata da casa, como camisa 1.

Outro bom reforço para quem procura um goleiro é Paulo Victor, 26, substituto de Felipe no Flamengo. A iminente aposentadoria do ídolo Rogério Ceni combinada ao pouco prestígio de Denis com a torcida do time do Morumbi transforma o São Paulo em um clube que pode pintar com surpresas na posição.

Laterais-direitos: Ayrton, Felipe Mattioni e Maicon

Primeira contratação do Palmeiras para 2013, Ayrton, de 27 anos, veio do Coritiba com status de titular. Em momento difícil do clube, o lateral-direito não agradou e Weldinho, contratado pouco depois, dominou a posição. Maicon, 31, por sua vez, já é consagrado: o atleta, que defendeu o Brasil na Copa do Mundo de 2010, pertence ao Manchester City, mas pouco é utilizado e está na lista de negociáveis da equipe. Galhardo e Bruno Peres são opções que não trazem segurança ao torcedor do Santos, que precisa de um titular absoluto para a posição. Léo Moura, no Flamengo, convive com lesões e já fala em aposentadoria – o Rubro-Negro também deve aparecer em breve com novidades para o setor.

Revelado pelo Grêmio, Felipe Mattioni, de 24 anos, se destacou em 2007 e logo foi contratado pelo Milan. Na Europa, o jogador não repetiu o sucesso: após passagem pelo Mallorca, o jovem chegou ao Espanyol, mas pouco jogou. Na temporada 2012/2013, entrou em campo em apenas quatro oportunidades. Com Pará na condição de titular, seu time de origem pode promover a volta do garoto.

Zagueiros: Ânderson Polga, Adaílton, Rafael Marques e Dedé

No sul, Rodrigo Moledo, zagueiro do Internacional, não é bem quisto pela torcida. Henrique, capitão do Palmeiras, precisa encontrar um bom companheiro na defensiva. As boas opções no mercado brasileiro são poucas: pentacampeão mundial pelo Brasil, Ânderson Polga, 34, voltou de Portugal e passou sem destaque pelo Corinthians – o atleta está sem clube. Rafael Marques, beque de 29 anos do Atlético-MG, não tem muitas chances de jogar graças ao entrosamento dos titulares Réver e Leonardo Silva, e seria bom reforço para o Verdão e para o Colorado. Ex-atleta do Santos, Adaílton, 29, pouco entra em campo pelo Sion, da Suiça – o passe do zagueiro está avaliado em R$ 3,4 milhões.

Para os mais endinheirados, a boa pedida é Dedé, de 24 anos. Zagueiro de Seleção Brasileira, o Mito do Vasco será negociado no meio do ano para render dinheiro aos cofres do clube. Corinthians, apesar de não ter carência no setor, larga na frente na disputa pelo defensor.

Laterais-esquerdo: Ramón e Gabriel Silva

A posição é um dos grandes problemas de Muricy Ramalho no Santos. Léo não aguenta sequência longa de jogos, o recém-contratado Guilherme Santos não agradou e Emerson, da base, ainda não transmite confiança.

Para suprir o setor, o Peixe pode ir atrás de Ramón, ex-lateral-esquerdo do Corinthians que está encostado no Flamengo. Gabriel Silva, de 21 anos, revelado pelo Palmeiras, amarga a reserva na Udinese e também seria boa opção: na temporada 2012/2013, o jovem, que está avaliado em R$ 2,6 milhões, só entrou em campo em nove partidas – cinco como reserva.

Volantes: Taddei, Diguinho e Luís Antônio

Aos 29 anos, Diguinho é reserva absoluto no Fluminense. O Botafogo, por sua vez, está carente na posição, que conta apenas com Marcelo Mattos em boa fase: um acerto entre o jogador e o clube pelo qual se destacou entre 2005 e 2008 seria bom para ambos os lados. O setor também não é o forte do Internacional, que acabou de se desfazer de Elton, e do Botafogo. Garoto veloz e de boa chegada no ataque, Luís Antônio, 22, que perdeu prestígio no final da passagem de Dorival Júnior pelo Flamengo, é um bom nome para reforçar as equipes. Outra contratação que pode pintar no Brasil é a de Taddei, 33: ex-Palmeiras, o volante experiente só defendeu a Roma em cinco oportunidades na temporada. Seu passe custa por volta de R$ 2 milhões.

Meio-campistas: Alan Patrick, Anderson, Jorge Wagner e Andrezinho

No Brasil, poucas são as opções no setor de criação. Os armadores são procurados por Cruzeiro, para fazer dupla com Diego Souza, e Flamengo, já que Cléber Santana não dá conta da função e Carlos Eduardo custa a entrar em forma. Se recorrerem ao mercado internacional, Raposa e Rubro-Negro podem tentar repatriar Alan Patrick, de 21 anos, e Jorge Wagner, de 34: o primeiro, ex-Santos, avaliado em R$ 4 milhões, só defendeu o Shaktar em duas partidas na temporada 2012/2013 e o segundo, mais experiente, está escondido no futebol japonês, no Kashima Reysol.

No mercado nacional, a melhor pedida é Andrezinho: o jogador participa do rodízio promovido por Oswaldo de Oliveira na zona central, mas poucas vezes é escolhido como companheiro de Seedorf.

Veja também: Possíveis contratações do Bayern com a chegada de Pep Guardiola

Veja os gols de Messi no Campeonato Espanhol até agora

Apenas de toalha, Balotelli visita vestiário da Seleção Brasileira

Anderson, atualmente no Manchester United, é um sonho mais alto: com passe em torno de R$ 25 milhões, o brasileiro está na lista de negociáveis do time de Alex Ferguson, fator que deve diminuir o valor de transferência caso algum clube mostre interesse. Contudo, o meio-campista é opção apenas para os mais endinheirados.

Atacantes: Kléber, Marcelo Moreno e Guilherme

A dupla titular de ataque do Grêmio, Eduardo Vargas e Barcos, se firmou. Kléber e Marcelo Moreno brigam ao lado de Willian José para ser opção no banco de reservas de Vanderlei Luxemburgo, portanto. O boliviano está insatisfeito com a situação e já declarou interesse em deixar o clube, caminho que deve ser seguido pelo Gladiador. Palmeiras, que precisa urgente de um centroavante, deve ser o destino de um dos dois atletas. Muricy Ramalho garante que o Santos fecha o elenco com a chegada de mais um camisa 9 e pode ir atrás de uma dessas peças. A posição também é carente no Botafogo, que não tem nomes de peso no setor, e no Vasco.

Encostado no Atlético-MG, o atacante Guilherme pouco será aproveitado: no primeiro semestre de 2013, o quarteto ofensivo do Galo, formado por Ronaldinho Gaúcho, Bernard, Tardelli e Jô, mostra entrosamento fantástico. Jogador de movimentação e finalização, o atacante seria mais bem aproveitado no Flamengo, formando dupla com Hernane “Brocador” ou no Cruzeiro.

Deixe seu comentário