Marcelo excede limite e carteira de motorista é apreendida em Madri

Lateral foi flagrado pelos policiais enquanto conduzia o carro em velocidade acima do permitido

90652
False

Conhecido pelas confusões no trânsito em que se envolveu desde que chegou ao Real Madrid, em 2007, o lateral esquerdo Marcelo excedeu o limite de pontos e teve sua carteira de motorista apreendida nesta quarta-feira (6 de março), quando foi parado por fiscais de trânsito dirigindo próximo às dependências do centro de treinamentos do clube, que fica localizado em Valdebebas, local próximo à capital da Espanha.

Segundo o jornal Ás, o lateral convocado por Luiz Felipe Scolari para amistosos contra Itália e Rússia foi flagrado pelos policiais enquanto conduzia o carro em velocidade acima do permitido. No ato da multa, os fiscais teriam percebido que o limite de pontos da carteira de motorista foi ultrapassado. Dessa forma, o brasileiro deverá ser multado por um período de 12 a 24 meses ou prestará serviço à comunidade por três meses.

Também prevista em Constituição, mas de aplicação menos provável, está a detenção entre três e seis meses. O diário El País, que teria ouvido fontes da Polícia Espanhola, cita que Marcelo teve problemas com excesso de velocidade e álcool, utilização de aparelho celular ao volante e falta de uso de cinto de segurança. A punição deverá ser anunciada nos próximos dias.

Veja Também: Mãe de Bruna Marquezine apoia namoro com abstêmio Neymar

Quem ganha e quem perde na Libertadores? Polvoilan responde

Este já é o melhor Galo que eu vi

Bendtner é multado no “pior dia da vida” –  Enquanto Marcelo teve “apenas” a carteira apreendida, outro jogador mundialmente conhecido teve seu direito de conduzir veículos suspenso. Niklas Bendtner, atacante da Juventus de Turim, foi multado em 113 mil euros pelo Tribunal de Copenhage por dirigir embriagado e com a habilitação vencida. Ele não poderá dirigir pelo período de três anos.

As punições para Bendtner foram além: ele não poderá ser convocado para a seleção dinamarquesa pelos próximos seis meses e ainda terá uma reunião com Antonio Conte, seu treinador na Itália. “É o pior dia da minha vida”, resumiu o chateado jogador.

(Gazeta Press)

Deixe seu comentário