Campeã olímpica diz ter sido chamada de 'escrava' por colegas de treino

Gabby Douglas sofria maus-tratos de outras ginastas e ameaçou parar de competir caso não mudasse de cidade

62260
!Gabby Douglas foi a primeira negra a conseguir o ouro na prova individual da ginástica artística (Getty Images)
Gabby Douglas foi a primeira negra a conseguir o ouro na prova individual da ginástica artística (Getty Images)

Uma das mais celebradas atletas da Olimpíada de Londres, a ginasta Gabby Douglas sofreu “bullying” no começo de carreira.

Em sua cidade natal Virgina Beach, Estados Unidos, outras ginastas a maltratavam, inclusive com xingamentos racistas.

Agora com 16 anos e duas medalhas de ouro, Douglas foi ao programa da Oprah Winfrey e falou sobre o péssimo ambiente do local de treinamento. “As meninas falavam coisas do tipo: ‘Por que a Gabby não faz isso? Ela é nossa escrava'  ”.

“Me sentia muito isolada e me perguntava por que merecia aquele tipo de tratamento. É por que sou negra?”, disse Douglas, a primeira negra da história a conseguir o ouro na prova individual da ginástica artística. A humilhação era tanta que, aos 14 anos, se recusou a continuar treinando, caso não trocasse de técnico. A medalhista olímpica se mudou então para Iowa e passou a treinar com Liang Chow.

Deixe seu comentário