Vai fazer falta: a fama de “mau” julgou Felipe Melo no STJD, mas Palmeiras poderá recorrer; entenda

Reincidente e polêmico, o “cão de guarda” do Verdão foi punido por cinco jogos

431987
False

Conforme antecipado por esse Blog na última sexta-feira (1° de novembro), Felipe Melo pegou um gancho pesado pelo gesto obsceno para a torcida do Santos, após derrota por 2 a 0 na Vila Belmiro. Um vídeo feito por um torcedor santista na arquibancada, próximo ao túnel de acesso ao vestiário, foi a prova usada contra o jogador do Palmeiras. A pena máxima era de seis jogos, o “pitbull” do Verdão pegou cinco ganchos segundo artigo 258-A do CBJD.

Veja as últimas do Mercado da Bola e quem pode chegar ao seu time

Gringos elegem os cinco maiores do Brasil; veja o resultado

A reincidência e envolvimento em polêmicas colaborou na punição de Felipe Melo, e antecedente pesa muito no STJD. Apesar disso, a decisão cabe recurso e deve chegar no Pleno, última instância nacional, e com isso o Palmeiras diminuirá a suspensão. Mas um alerta: não será muito. Explico: a reincidência dele não é específica, quando ele é denunciado pela mesma infração anteriormente e condenado. O jogador deverá levar três jogos de suspensão, se fosse outro atleta, dois.

Reincidência específica é quando ele e denunciado pela mesma infração anteriormente. É tudo o que clube paulista precisa. Faltam oito jogos para o final do Campeonato Brasileiro e ficar sem Felipe Melo nesse momento decisivo será péssimo para o Palmeiras.

O advogado do Palmeiras, Américo Espallargas, usou a seguinte defesa para evitar a punição de Felipe Melo.

Carlos Alberto toma uma guilhotina em aula de MMA com equipe do FOX Fight Club

“Felipe sempre atrai muita mídia e é um jogador que não vamos nos furtar que é polêmico, mas temos sempre uma conduta de relatar os fatos...O Felipe Melo está se defendendo da hostilidade que sofre por falta de segurança que tinha ali. A torcida do Santos, na falha do clube em providenciar a cobertura necessária (túnel inflável), hostiliza de maneira acentuada o atleta do Palmeiras que reage. A defesa pede a desclassificação para o artigo 258 e aplicação da pena mínima”, concluiu.

Relator do processo, o Auditor Alexandre Magno apresentou seu voto: “Sabemos de tudo que se passa com o atleta Felipe Melo e entendo que exacerbou no seu comportamento. Chamo a atenção dos colegas dos antecedentes que consta nas folhas 22 do processo. Voto por cinco partidas de suspensão ao Felipe Melo”, justificou.

O Auditor Douglas Blaichman votou em seguida. “O profissional não pode aceitar provocações e reagir ao torcedor adversário. Acompanho o relator na íntegra”.

Auditor João Riche também acompanhou o relator e acrescentou. “Temos uma situação de um atleta conhecido desse tribunal. Ele assimilou uma imagem de Bad Boy e acha bonito. Esses atletas são ídolos de crianças e não podem passar essa imagem. Parece que fazemos papel de bobo quando houve a transação com esse tribunal”.

Rafael Feitosa divergiu do relator na dosimetria. “Felipe Melo levo duas questões em consideração: o caso do Oswaldo de Oliveira e o episódio recente dele no tribunal não ter sido o mesmo fato e na entrada do vestiário com pequeno público. Aplico três partidas ao atleta”.

Como antecipei na sexta-feira, a fama de mau de Felipe Melo é um peso para ele. Muitas vezes a garra, vibração, cobrança, faltas, são vistas com outros olhos. Gerenciamento de crise na vida do atleta será uma constante. Afinal, o volante alviverde é assim e jamais mudará.

Saiba mais:

Jornal: Gabigol já sabe quando dará resposta ao Flamengo

Inter pode dar chapéu em Flamengo e mais três por destaque do Santos

Andrés prepara revolução no Corinthians e demissões devem chegar à diretoria

Crédito da foto: divulgação/ S.E. Palmeiras

Deixe seu comentário