Vitinho brilha, recorde de Jesus, novo vice-líder, demissões e mais: a rodada do Brasileirão

A 24ª rodada teve média baixa de gols e nenhuma vitória de time visitante fora de casa

428523
False

A 24ª do Campeonato Brasileiro teve 20 gols em 10 jogos, média de 2 por partida. Seis times mandantes venceram em seus domínios e quatro jogos terminaram empatados com três partidas sem gols. Curiosidade: nenhum clube visitante venceu fora de casa.

Veja as últimas do Mercado da Bola e quem pode chegar ao seu time

Gringos elegem os cinco maiores do Brasil; veja o resultado

O Flamengo sobra no Brasileirão e abriu oito pontos sobre o vice-líder Santos e o terceiro colocado Palmeiras. Nesta quinta-feira (10/10), o Rubro-negro fez outra vítima no Maracanã, o Atlético-MG, e segue invicto no estádio com 11 vitórias, um empate em 12 jogos. Vitinho foi o destaque da partida com duas assistências para os gols de Arão e Reinier e anotou um golaço na vitória por 3 a 1. O Flamengo chegou a 51 gols, o melhor ataque da competição. Foi o 17º triunfo Rubro-negro no campeonato, quatro a mais do que o vice-líder Santos. O Galo conquistou apenas quatro pontos de 24 possíveis.

Jorge Jesus se tornou o técnico estrangeiro com mais lideranças no Brasileirão na era dos pontos corridos: nove. Ele ultrapassou o uruguaio Diego Aguirre que somava oito.

Outra conquista do Flamengo: nunca um clube tinha alcançado 55 pontos na 24ª rodada na era dos pontos corridos.

A rodada começou na quarta-feira (09/10). O Botafogo aplicou 3 a 1 no invicto Goiás no estádio Nilton Santos. O time carioca encerrou o jejum de cinco jogos com quatro derrotas seguidas.

O CSA se livrou da zona de rebaixamento ao vencer o Inter por 1 a 0 no estádio Rei Pelé. O time comandado por Argel Fucks conquistou a quarta vitória seguida em casa. O Colorado demitiu o técnico Odair Hellmann, que estava há 20 meses no cargo e tinha 60,5% de aproveitamento: 122 jogos, 65 vitórias, 28 empates e 28 derrotas.

No Castelão, o Fortaleza de Rogério Ceni venceu o lanterna do campeonato, a Chapecoense por 2 a 0. Valeu a lei do ex: Wellington Paulista marcou os dois gols da vitória do Tricolor.

O Grêmio venceu o Ceará por 2 a 0 na Arena e em sétimo na tabela colou no G-6. O zagueiro Geromel retornou após contusão e anotou um dos gols. O Ceará voltou ao Z-4 e não vence há 10 jogos.

Na Arena Fonte Nova, em Salvador, empate sem gols entre os tricolores baiano e paulista. O São Paulo é o time que mais empatou no Brasileirão: 10 jogos. Já o Bahia é a equipe com mais jogos sem levar gol no torneio: 13 partidas. Nos quatro jogos disputados em 2019 entre as duas equipes, o São Paulo não marcou um único gol no Bahia.

O drama do Cruzeiro segue no Brasileirão. O time azul empatou sem gols contra o Fluminense no Mineirão e ocupa a antepenúltima posição na classificação. O time celeste teve um gol anulado pela arbitragem. Nesta quinta (10/10), a crise fez mais uma vítima. Itair Machado, vice-presidente de futebol do clube mineiro, foi demitido. Para o seu lugar, o presidente Wagner Pires de Sá convocou Zezé Perrella.

Mudanças também no G-4! O Santos de Jorge Sampaoli bateu o Palmeiras por 2 a 0 na Vila Belmiro e retomou a vice-liderança do Brasileirão. Foi a primeira derrota de Mano Menezes no comando do time alviverde. O resultado leva o Santos aos 47 pontos, mesmo número do Palmeiras, mas com vantagem no número de vitórias (14 a 13), primeiro critério de desempate no campeonato. 

Nesta quinta, o Corinthians tropeçou em Itaquera e se manteve na quarta posição após empatar com o Athletico-PR em 2 a 2. Apesar dos dois gols sofridos, o time alvinegro segue com a melhor defesa do Brasileirão com 15. O árbitro André Luiz de Freitas Castro teve ajuda do VAR para anular um pênalti marcado a favor do Athletico, no primeiro tempo, após disputa de Fagner com Rony. Foi o quarto empate seguido entre Corinthians e Athletico-PR na Arena, em Itaquera.

Outro empate marcou a rodada desta quinta-feira. O vice-lanterna Avaí ficou no 0 a 0 contra o Vasco na Ressacada. Resultado ruim para os dois.

A média de público da 24ª rodada do Brasileirão foi de 22.314. O maior público foi alcançado no duelo entre Flamengo 3 x 1 Atlético-MG: 63.385. O pior público na partida entre Botafogo 3 x 1 Goiás: 5.574. A média do campeonato é de 22.488.

Faltam agora 14 rodadas para o final do Campeonato Brasileiro! Quem conquista o título? Quem vai para a Libertadores? Quem será rebaixado? Faças as suas apostas!

Carlos Alberto toma uma guilhotina em aula de MMA com equipe do FOX Fight Club

Leia também!

Roberto Carlos revela a decisão que 'derrubou' Luxemburgo no Real Madrid

Flamengo pode ficar perto de marca que garantiu título quatro vezes nos pontos corridos

Guardiola aponta jogador que não pode sair do City nem por proposta milionária

(Crédito da imagem: Alexandre Vidal/Flamengo)

Deixe seu comentário