Neymar e os 27 motivos que o credenciam como o “cara” da Seleção Brasileira!

Camisa 10 completa 100 jogos pelo Brasil nesta quinta-feira (10 de outubro), contra Senegal

428262
False

O amistoso contra a seleção africana do Senegal, nesta quinta-feira (10 de outubro), em Singapura, na Malásia, marca o jogo de número 100 de Neymar pela Seleção Brasileira. Foi no mesmo Estádio Nacional de Singapura que ele marcou quatro dos seus 61 gols pelo Brasil em um amistoso com o Japão em 2014. A estreia do jogador na seleção aconteceu quatro anos antes, no dia 10 de agosto na vitória por 2 a 0 sobre os Estados Unidos, em Nova Jersey. Ele anotou um gol.

Veja as últimas do Mercado da Bola e quem pode chegar ao seu time

Gringos elegem os cinco maiores do Brasil; veja o resultado

Nesta quarta-feira (9 de outubro), Neymar recebeu a camisa de número 100 das mãos do tetracampeão Bebeto e fez um balanço dos seus 10 anos na Seleção Brasileira.

"O saldo fica muito positivo, mas na vida de um atleta nem sempre são só vitórias. São muitas decepções, derrotas, comete-se muitos erros. Mas se você for um cara que batalha no final de tudo você consegue redimir seus erros. Estou muito feliz por atingir essa marca. Nem nos melhores sonhos imaginei que isso pudesse acontecer", analisou o jogador.

Sem modéstia, Neymar se defendeu como o “cara” da seleção e disse que os privilégios recebidos pelo o que já fez em uma década.

"Estou na Seleção há 10 anos. Sempre fui um dos principais nomes e um dos que carregava tudo nas costas. Nunca fugi disso. Sempre desempenhei meu papel muito bem na seleção. Quando um atleta atinge um nível desse, é normal ter um tratamento diferente. No Barcelona, o Messi tem um tratamento diferente. É por que ele é mais bonito? Não. É por tudo que ele faz. Não digo só de mim, mas de todo mundo que mostra um futebol nesse nível. É normal no futebol, faz parte", disse o camisa 10.

Neymar ficou fora da última conquista do time de Tite, a Copa América. Agora tenta recuperar o carinho e a confiança do torcedor. Por isso, listei 27 motivos, o número da idade do jogador, para mostrar que o craque tem história e potencial para brilhar na Seleção.

1 - Neymar terá quatro amistosos em 2019 para recuperar o tempo perdido.

2 - Neymar anotou apenas um gol em três jogos do Brasil em 2019, mas ele é o quarto maior artilheiro da história da Seleção com 61 gols. Ele ostenta uma média de 0,62 por partida. O atacante tem fôlego para superar Zico (66), Ronaldo (67) e Pelé (95). 

3 - Neymar marcou um gol em sua estreia pela Seleção. Isso mostra que o atacante é pé quente.

4 - Neymar nunca perdeu um jogo pela Seleção no Brasil e foram 31. Nas Eliminatórias, vitórias em casa são fundamentais.

5 - Em dez anos de Seleção, Neymar teve quatro técnicos ao longo de seus 99 jogos. Isso mostra que o jogador sempre é selecionável. Por coincidência, os treinadores eram todos gaúchos: Mano Menezes, Luiz Felipe Scolari, Dunga e Tite.

6 - Neymar esteve presente em 13 das 18 convocações de Tite desde de agosto de 2016. Foi o segundo atacante mais convocado. Só ficou atrás de Roberto Firmino, chamado 14 vezes.

7 - Mesmo fora das últimas duas partidas do Brasil, na Copa de 2014, por causa de uma contusão, Neymar marcou quatro gols na competição e foi eleito o dono da chuteira de bronze pelo 3º lugar da artilharia do Mundial.

8 -  No ano anterior havia conquistado o título da Copa das Confederações, como a principal estrela brasileira durante os cinco jogos da campanha. Neymar fez quatro gols e deu três assistências. O atacante levou o prêmio de melhor jogador da competição. O camisa 10 também faturou a chuteira de bronze.

9 - Neymar é competitivo e já conquistou duas medalhas em Jogos Olímpicos: ouro no Rio 2016 e prata em Londres 2012.

10 - Em 2016, na final olímpica, Neymar foi o protagonista. O camisa 10 marcou um lindo gol de falta e decidiu na disputa de penalidades, convertendo a cobrança que garantiu o ouro inédito ao Brasil, no Maracanã.

11 - Em 2015, Neymar foi finalista do prêmio Bola de Ouro da FIFA. Aos 27 anos, ainda pode buscar na próxima temporada o título inédito de melhor jogador do mundo.

12 - Em 2017, Neymar se tornou a transferência mais cara da história do futebol mundial, com sua venda milionária ao Paris Saint-Germain, por 222 milhões de euros.

13 -  No dia 28 de novembro de 2018, ao fazer seu 31º gol pela Liga dos Campeões, Neymar se tornou o brasileiro que mais balançou as redes pela competição. Ele superou Kaká, com 30.

14 -  Neymar soma 295 gols em 473 jogos como profissional, e contando os gols pela Seleção Brasileira, já são 356 em 572 partidas.

15 - Neymar é o maior artilheiro do Santos neste século: 136 gols em 225 jogos.

16 - Neymar é o 3º brasileiro com mais gols na história do Barcelona: 105 em 186 jogos.

17 - Neymar é o 2º brasileiro com mais gols na história do PSG: 54 em 62 jogos.

18 - Curiosidade: Neymar é o 13º maior artilheiro da história do Santos, Barcelona e PSG.

19 - O Estádio Nacional de Singapura, local do jogo contra Senegal, nesta quinta-feira, traz boas recordações para Neymar. Ele marcou quatro dos seus 61 gols pelo Brasil em um amistoso com o Japão em 2014.

20 - Seu melhor rendimento pelo Brasil foi alcançado em 2014, quando fez 15 gols em 14 jogos.

21 - Faro de gol! Após retornar de lesão, que teve antes do início dessa temporada, o brasileiro já tem quatro gols em cinco jogos do PSG no Campeonato Francês.

22 - O PSG segue invicto quando Neymar faz gol no campeonato. Foram 29 partidas em que o atacante balançou as redes: 26 vitórias e três empates. São 81 pontos conquistados em 87 possíveis, ou seja, 93% de aproveitamento.

23 - Decisivo até o minuto final! Uma curiosidade é que todos os gols de Neymar na temporada pelo PSG foram marcados na reta final do jogo: aos 70, 87, 90 e 92 minutos. Porém, os três anteriores foram ainda mais importantes, pois garantiram vitórias do seu time por 1 a 0.

24 - Só em Mundiais, o camisa 10 soma seis gols em dez jogos, juntando as Copas do Brasil 2014 e Rússia 2018.

25 - Desde o início da temporada 2017/18, sua primeira pelo PSG, Neymar jogou 42 partidas no Campeonato Francês. Nesses jogos, o atacante participou de 58 gols, uma média de 1,42 por jogo. Foram 38 marcados e mais 20 assistências.

26 - Em 10 anos de carreira, Neymar tem 22 títulos no seu currículo.

27 - O camisa 10 fará o jogo de número 100 no dia 10 do 10. Será que o craque terá nota 10 em campo?

Carlos Alberto toma uma guilhotina em aula de MMA com equipe do FOX Fight Club

Leia também!

Messi abre o jogo e revela que pensou em mudar de clube

Tite rebate questionamento sobre proteção a Neymar

Pablo Marí diz que Jorge Jesus 'mudou sua vida'

(Crédito da imagem: Lucas Figueiredo/CBF)

Deixe seu comentário