Blog do Sartori: você gostaria do Robert Lewandowski no ataque do seu time? Eu, sim!

Atacante do Bayern de Munique tem 11 gols em sete rodadas no Alemão

428162
False

O centroavante polonês Robert Lewandowski é um goleador nato. Um camisa 9 legítimo, daqueles que faz gol, muitos gols. Na Bundesliga, ele é a sensação da temporada e o artilheiro do campeonato. Em sete jogos, anotou 11 tentos, média de 1,5 por partida. Detalhe: o atacante marcou em todas as partidas.

Veja as últimas do Mercado da Bola e quem pode chegar ao seu time

Gringos elegem os cinco maiores do Brasil; veja o resultado

Foram três gols contra Schalke 04, dois sobre o Hertha Berlim e o Colônia e um diante quatro clubes: Mainz 05, RB Leipzig, Paderborn e Hoffenheim. O polonês, de 31 anos, nascido em Varsóvia, é o único jogador que atua em um dos cinco maiores campeonatos europeus (Alemanha, Espanha, França, Inglaterra e Itália) na lista dos 10 maiores goleadores do Velho Continente. Lewandoswski ocupa a segunda posição.

Carlos Alberto toma uma guilhotina em aula de MMA com equipe do FOX Fight Club

Na última rodada do Alemão, o atacante anotou o gol de honra na derrota do Bayern de Munique, em casa, para o Hoffenheim por 2 a 1. Foi o primeiro resultado negativo do atual campeão que perdeu a liderança da competição para o Borussia Mönchengladbach. O time de Munique é o terceiro, um ponto atrás do Wolfsburg, única equipe que ainda não foi derrotada na Bundesliga.

Nessa temporada, Robert Lewandowski disputou 13 jogos e anotou 15 gols. Mas isso não é novidade para quem conhece o centroavante. Ele já foi artilheiro do torneio em outras oportunidades: Bundesliga de 2013 – 14 (20 gols), de 2015 – 16 (30 gols), de 2017–18 (29 gols) de 2018 – 19 (22 gols). Quem não gostaria de um camisa 9 como ele em seu time? Um verdadeiro homem-gol.

Leia também!

Libertadores: Grêmio confirma Geromel para o jogo da volta

NBB: veja como foi a festa de lançamento da temporada 19/20

Palmeiras tem dois desfalques confirmados para encarar o Santos  

Crédito da foto: EFE

Deixe seu comentário