Baú do Micheletti: Corinthians e as derrotas por 2 a 0, em casa, em mata-mata

Retrospecto não deixa a Fiel muito otimista quanto à uma reação contra o Independiente del Valle-EQU

425440
False

Corinthians 0 x 2 Independiente Del Valle, em São Paulo. Resultado que dificultou muito a vida do alvinegro na semifinal da Conmebol Sul-Americana. Para disputar a final do torneio, o Timão precisará reverter a situação fora de casa. E a história não deixa a Fiel muito otimista em relação a isso. Aqui, três exemplos de derrotas do Alvinegro no primeiro duelo, na capital paulista, em competições semelhantes (com mata-mata).

Veja as últimas do Mercado da Bola e quem pode chegar ao seu time

Gringos elegem os cinco maiores do Brasil; veja o resultado

CORINTHIANS 0 X 2 FLUMINENSE (SEMIFINAL DO BRASILEIRO DE 1984)

A equipe que tinha o craque Sócrates, o jovem artilheiro Casagrande, o lateral-esquerdo Wladimir, o meia Zenon e o volante Biro-Biro deu um show na semifinal daquela competição na fase quartas-de-final, quando eliminou o forte Flamengo. Mas quando disputou a semifinal, o Alvinegro foi dominado totalmente pelo Fluminense já no primeiro duelo, no estádio do Morumbi, em São Paulo. O Flu, comandado pelo técnico Carlos Alberto Parreira, venceu a partida por 2 a 0: gols do saudoso meia Assis e do ponta-esquerda Tato. Assim, o Tricolor das Laranjeiras levou para o Maracanã uma boa vantagem, afinal podia até perder por um gol de diferença em casa. No Rio, o jogo terminou empatado sem gols e os cariocas carimbaram passaporte para a final daquele Brasileiro. Aliás, o time tricolor seria o campeão.

Fla ou Grêmio? PVC, Benja e companhia elegem quem tem o futebol mais bonito do país

CR7, Messi ou Van Dijk? PVC, Bolívia, Benja e companhia elegem o melhor do mundo

CORINTHIANS 0 X 2 PALMEIRAS (QUARTAS-DE-FINAL DA LIBERTADORES DE 1999)

Foram memoráveis os embates entre os rivais nas Libertadores. Em 1999, com grande atuação do goleiro Marcos, o Palmeiras venceu o Corinthians no primeiro duelo válido pela fase quartas-de-final: gols de Oséas e Rogério. Na volta, o Corinthians até devolveu o placar (gols de Edilson Capetinha e Ricardinho), no mesmo Morumbi, mas acabou sendo eliminado pelo Alviverde nos pênaltis. Vampeta e Dinei desperdiçaram as cobranças para o time comandado por Oswaldo de Oliveira. O Palmeiras, de Felipão, seguiu na competição e foi o campeão.

CORINTHIANS 0 X 2 SANTOS (FINAL DO BRASILEIRO DE 2002)

Os dois jogos finais disputados na capital paulista, no estádio do Morumbi. No primeiro duelo, o Corinthians até teve boa atuação, mas o Santos foi cirúrgico nos contra-ataques e venceu o clássico por 2 a 0 (gols de Alberto e Renato). Podendo perder por até um gol de diferença no segundo jogo, o Peixe, do técnico Leão, até tomou um susto, mas conseguiu garantir a taça com vitória: 3 a 2, com Robinho fazendo a diferença na grande decisão.

Leia também!

Presidente do Bayern detona estrela do Barcelona

Site diz por que Dani Alves não foi para a Juventus

Mudanças no Corinthians? Carille diz se trocará time após derrota

(Crédito da imagem: EFE) 

Deixe seu comentário