Blog do Sartori: CR7 é o segundo jogador a superar 90 gols em uma seleção nacional

Maior artilheiro mundial na atualidade em jogos oficiais, português supera Pelé, Puskas, Messi e outros craques!

424245
False

Cristiano Ronaldo deu mais um show em campo, na tarde desta terça-feira (10 de setembro). Dessa vez, o atacante encantou o mundo do futebol nas Eliminatórias da Eurocopa, que será disputada em 2020. O craque anotou quatro gols, na goleada de Portugal sobre a Lituânia, por 5 a 1.

Veja as últimas do Mercado da Bola e quem pode chegar ao seu time

O português chegou a 93 gols pela seleção portuguesa, em 160 jogos desde 2003, e com isso se tornou o segundo jogador da história a superar 90 bolas nas redes em um selecionado nacional. O recordista é Ali Daei, ex-atacante e craque do Irã, com 109 gols em 149 jogos.

Os dois deixaram vários ícones do presente e do passado para trás. Puskas, craque da Hungria, Pelé, o maior jogador da história do futebol, Gerd Müller, ídolo da Alemanha, e Lionel Messi, camisa 10 da seleção argentina. É claro que alguns jogadores atuaram em menos jogos do que os dois que superaram a marca de 90 gols.

Gringos elegem os cinco maiores do Brasil; veja o resultado

Cristiano Ronaldo é o maior artilheiro do futebol mundial na atualidade em jogos oficias, com 695 gols em 967 jogos. Atrás dele está Messi, com 671 gols em 823 partidas. O atacante sueco Ibrahimovic já anotou 530 gols em 897 jogos. O uruguaio Luis Suárez fez 458 gols em 726 jogos. O espanhol David Villa, maior artilheiro da seleção da Espanha, balançou as redes 435 vezes em 851 partidas. O polonês Robert Lewandowski anotou 420 gols em 656 jogos. E o atacante argentino Sergio Agüero fez 404 gols em 728 partidas.

 Veja a lista dos maiores goleadores por uma seleção:

Ali Daei - Irã (109 gols em 149 jogos) 1993-2006

Cristiano Ronaldo - Portugal (93 gols em 160 partidas) desde 2003 

Ferenc Puskas - Hungria (84 gols em 85 partidas) 1945-1962

Godfrey Chitalu - Zâmbia (79 gols em 108 partidas) 1968-1980

Hussein Saaed - Iraque (78 gols em 137 partidas) 1977-1990

Pelé - Brasil (77 gols em 92 jogos) 1957-1971

Sándor Kocsis - Hungria (75 gols em 68 partidas) 1948-1956

Bashar Abdullah - Kuwait (75 gols em 133 partidas) 1996-2007

Kunishige Kamamoto - Japão (73 gols em 84 partidas) 1964-1977

Kinnah Phiri – Malásia (71 gols em 115 partidas) 1973-1981

Majed Abdullah - Arábia Saudita (71 gols em 116 partidas) 1977-1994

Kiatisuk Senamuang - Tailândia (71 gols em 132 partidas)

Miroslav Klose - Alemanha (71 gols em 137 partidas)

Stern John - Trinidad e Tobago (70 gols em 115 partidas)

Piyapong Pue-on - Tailândia (70 gols em 100 partidas)

Hossam Hassan - Egito (69 gols em 169 partidas)

Gerd Müller - Alemanha (68 gols em 62 partidas)

Sunil Chhetri - Índia (68 gols em 108 partidas)

Carlos Ruiz Gutiérrez - Guatemala (68 gols em 124 partidas)

Lionel Messi - Argentina (68 gols em 136 partidas)

Leia também!

Filipe Luís rasga elogios a Jorge Jesus: "Espetáculo"

Presidente do Real Madrid abre as portas para contratação de revelação portuguesa

Leonardo quer vender Neymar na próxima janela de transferências

(Crédito da imagem: Ints Kalnins/Reuters) 

Deixe seu comentário