Bruno Alves vê oscilação normal e São Paulo ainda vivo pelo título

Zagueiro do Tricolor paulista também elogiou as opções que o técnico Diego Aguirre tem para o setor defensivo

381610
False

* Por Gazeta Press

A derrota do São Paulo para o Internacional por 3 a 1 no último domingo (14 de outubro), somada ao revés sofrido para o Palmeiras e os cinco jogos consecutivos sem triunfo diminuíram consideravelmente as chances do tricolor de conquistar o heptacampeonato Brasileiro. Ainda assim, com todas as adversidades, a confiança segue em dia pelos lados do Morumbi, mesmo com o reconhecimento de que a atual fase não é das melhores.

Um dos jogadores que viveu tanto o momento de êxtase da liderança quanto a pressão atual é Bruno Alves. Considerado a quarta opção no início da temporada, o zagueiro superou Rodrigo Caio e até mesmo Arboleda para se tornar, ao lado de Anderson Martins, titular da defesa são-paulina. E se um dia foi muito elogiado, hoje o setor de trás é um dos pontos mais criticados pelo torcedor, algo que para o defensor é normal, assim como a oscilação do time na competição.

Estreia do NBB e jogos da Bundesliga: a semana no FOX Sports

“Em um campeonato longo como o Brasileiro essa queda de rendimento, essa oscilação, acontece, é normal. A gente sabe que não é o melhor dos momentos, mas a gente precisa trabalhar para voltar a vencer o mais rápido possível”, disse Bruno Alves em entrevista exclusiva à Gazeta Esportiva.

Com o revés sofrido para o Inter na última rodada, o São Paulo chegou aos sete pontos de diferença para o Palmeiras, líder isolado da competição de pontos corridos. Mesmo assim, a confiança de que é possível ser campeão Brasileiro permeia a rotina tricolor, que se respalda na questão matemática.

El Clásico Barcelona x Real Madrid no dia 28; saiba como assistir ao vivo

“Acho que independente de título ou não a gente precisa voltar a vencer o mais rápido possível. Matematicamente ainda dá, mas não podemos deixar nossos adversários se distanciarem mais para que a gente chegue nas últimas rodadas podendo brigar”, explicou o zagueiro, rasgando elogios aos seus companheiros na defesa, entre eles Arboleda, que deve ser seu parceiro contra o Atlético Paranaense, no último sábado.

“O São Paulo tem excelentes zagueiros e o Arboleda é um deles, assim como Rodrigo, Anderson (Martins). Ainda não sei quem vai jogar, nem poderia falar (risos), mas quem o Aguirre escolher tem condição de fazer um grande jogo e ajudar o São Paulo a vencer”, finalizou.

Veja as últimas do Mercado da Bola e quem pode chegar ao seu time

Com 52 pontos conquistados, o São Paulo está na quarta colocação do Campeonato Brasileiro e tentará findar o jejum de triunfos no próximo sábado, no Estádio do Morumbi, contra o Atlético Paranaense, às 19h (de Brasília), pela 30ª rodada.

Saiba mais:

Sassá 'soca' o troféu e provoca o Galo

PSG mira a contratação de Griezmann

Andrés ironiza o Cruzeiro e faz promessa

Crédito da foto: Marco Galvão/Fotoarena

Deixe seu comentário