São Paulo deve ter dupla de zaga invicta contra o Atlético-PR e tenta arrancada em reta final

Por conta da suspensão de Anderson Martins, o técnico Diego Aguirre deve montar sua zaga com Arboleda e Bruno Alves

381229
Compartilhar vídeo
Inserir vídeo
Tamanho do vídeo

A derrota do São Paulo para o Internacional por 3 a 1 no Beira-Rio deixou o tricolor mais distante da liderança do Campeonato Brasileiro e, consequentemente, da briga pelo título. Como se não bastasse, o revés ainda deixou Diego Aguirre sem dois de seus titulares absolutos, ambos suspensos, para o duelo com o Atlético Paranaense, no próximo sábado. Além de Bruno Peres, Anderson Martins será baixa, o que deve abrir espaço para o retorno de uma dupla invicta: Bruno Alves e Arboleda.

Setor no qual possui o maior número de opções, o miolo de zaga não foi um problema para Aguirre nem mesmo no primeiro turno, quando o comandante ficou um bom tempo sem poder contar com Rodrigo Caio, lesionado. Ainda assim, o uruguaio se mostrou adepto ao rodízio e a formação da dupla mediante ao estilo do adversário e a proposta de seu time, o que deixou o tricolor sem uma definição de quem são os reais “titulares”.

Finalíssima da Copa do Brasil, estreia do NBB e mais: a semana no FOX Sports

A verdade é que, mesmo com as sucessivas mudanças, existe uma dupla que ainda não perdeu no Brasileiro quando atua junta e ela é justamente a que deve ser escalada no próximo sábado, no Morumbi, contra o Furacão. Bruno Alves e Arboleda, que retorna depois de servir á seleção equatoriana, formaram a dupla de defensores em seis jogos na competição de pontos corridos e ainda não perderam, com dois empates e quatro vitórias.

Além da escalação tradicional do São Paulo na temporada, com uma linha de quatro à frente do arqueiro, o tricolor de Aguirre atuou em duas oportunidades com o esquema de três zagueiros, contra Atlético Mineiro, na quarta rodada, e Santos, na 25ª. Nas duas situações, Bruno e Arboleda participaram, destas vezes ao lado de Anderson Martins, e também não perderam, com dois empates no currículo.

Veja as últimas do Mercado da Bola e quem pode chegar ao seu time

A primeira atuação da dupla, que deve ser a titular no próximo sábado foi logo na terceira rodada, no empate por 1 a 1 contra o Fluminense, no Maracanã. Depois, Bruno Alves e Arboleda voltaram a atuar juntos na quinta partida do São Paulo na competição, novamente em um empate, desta vez por 1 a 1 diante do Bahia, na Arena Fonte Nova, em Salvador.

Na sétima rodada, foi a primeira vez que o brasileiro e o equatoriano saíram de campo vitoriosos, dando início a uma sequência que se desenhou positiva. No duelo contra o América Mineiro, na Arena Independência, em Minas Gerais, a dupla até foi vazada, mas viu o ataque funcionar bem e garantir o triunfo por 3 a 1. Na sequência, na 12ª rodada, os três pontos foram diante do Vitória no Morumbi, mesmo palco dos resultados positivos diante de Vasco e Chapecoense, este último na derradeira partida do primeiro turno.

Saiba mais:

Real Madrid tem trunfo para tirar Hazard do Chelsea

Jornal espanhol dá dicas do Palmeiras ao Real Madrid

Bueno saca dois gigantes da briga pelo título brasileiro

Crédito: Ricardo Moreira/ Fotoarena

Confira os jogos em que Bruno Alves e Arboleda formaram a dupla de zaga do São Paulo: 

3ª rodada – Fluminense 1 X 1 São Paulo
5ª rodada – Bahia 2 X 2 São Paulo
7ª rodada – América Mineiro 1 X 3 São Paulo
12ª rodada – São Paulo 3 X 0 Vitória
17ª rodada – São Paulo 2 X 1 Vasco
19ª rodada – São Paulo 2 X 0 Chapecoense