Antes de reunião na Conmebol, Galiotte pede juiz de ponta contra o Boca Juniors

Verdão vem sofrendo na mão da arbitragem neste Campeonato Brasileiro e teme que o problema aconteça também na Libertadores

381158
False

*Por Gazeta Press

Como representante da Sociedade Esportiva Palmeiras, Maurício Galiotte participará de uma reunião na sede da Conmebol nesta terça-feira. Com o time alviverde na semifinal da Copa Libertadores, o presidente pede a escalação de árbitros experientes nos confrontos com o Boca Juniors.

Representantes de Palmeiras, Boca Juniors, Grêmio e River Plate participarão das reuniões na sede da Conmebol terça e quarta-feira, além de diretores da CBF e da AFA. Segundo a entidade continental, a ideia é repassar todos os aspectos relevantes do planejamento e organização das semifinais.

Finalíssima da Copa do Brasil, estreia do NBB e mais: a semana no FOX Sports

“Sabemos da pressão dos argentinos em todos os jogos da Libertadores e como eles exercem essa pressão”, disse Galiotte à Gazeta Esportiva. “O que o Palmeiras pede é isenção. E que se coloque o melhor árbitro, o mais experiente, de ponta. Já que são clássicos, que coloquem as pessoas mais bem avaliadas para minimizar os erros”, afirmou.

Saiba mais:

Real Madrid tem trunfo para tirar Hazard do Chelsea

Jornal espanhol dá dicas do Palmeiras ao Real Madrid

Bueno saca dois gigantes da briga pelo título brasileiro

Na primeira partida pela semifinal, o Palmeiras enfrenta o Boca Juniors às 21h45 (de Brasília) de quarta-feira da semana que vem, na Bombonera. Nas quartas, o time argentino avançou ao eliminar o Cruzeiro com muitas reclamações contra a arbitragem por parte do time mineiro.

Veja as últimas do Mercado da Bola e quem pode chegar ao seu time

“Com erro ou falha em lance capital, você coloca todo um projeto em risco, perde um campeonato. Com o Palmeiras, já aconteceu duas situações nesse ano (decisão do Paulista e semifinal da Copa do Brasil). Então, é uma preocupação, sim, mas confiamos nas pessoas que estão organizando os campeonatos’, afirmou Galiotte.

Em sua última semifinal de Copa Libertadores, na edição de 2001 do torneio continental, o Palmeiras acabou eliminado pelo mesmo Boca Juniors após ser significativamente prejudicado pelo árbitro paraguaio Ubaldo Aquino na Bombonera.

Crédito da Foto: Flickr/SE Palmeiras

Deixe seu comentário