'Inimigo íntimo', Mano Menezes nunca sequer empatou como visitante em Itaquera

Treinador do Corinthians entre 2008 e 2010, e depois novamente em 2014, gaúcho tem acumulado resultados ruins atuando no estádio da zona leste de São Paulo

381134
False

Após vencer a partida no Mineirão por 1 a 0, na primeira partida decisiva da Copa do Brasil, o Cruzeiro chega com vantagem a Itaquera, onde encara o Corinthians nesta quarta-feira (17), tentando deixar a capital paulista com o sexto título da competição. Com o resultado conquistado em Minas Gerais, a Raposa pode até mesmo empatar o duelo em São Paulo para se sagrar campeão. O FOX Sports transmite o confronto ao vivo, com pré-jogo completo a partir das 21h (horário de Brasília).

Para deixar Itaquera com o título da Copa do Brasil, Mano Menezes precisará acabar com uma marca negativa no estádio da zona leste de São Paulo. Em partidas oficias em que foi visitante na Arena Corinthians, o treinador nunca sequer empatou diante do Corinthians, equipe que comandou entre 2008 e 2010, e depois novamente em 2014.

Finalíssima da Copa do Brasil, estreia do NBB e mais: a semana no FOX Sports

Em três jogos oficias como visitante diante do Timão o gaúcho acumula três derrotas, todas à frente do próprio Cruzeiro: 2 a 1 em 2016, pelas quartas de final da Copa do Brasil, além de dois jogos pelo Campeonato Brasileiro, 1 a 0 em 2017 e 2 a 0 em 2018. O único resultado de igualdade conquistado pelo treinador contra o Corinthians dentro da Arena aconteceu em duelo amistoso neste ano, durante a parada do calendário para a Copa do Mundo, quando os times empataram em 2 a 2.

Veja as últimas do Mercado da Bola e quem pode chegar ao seu time

Com o triunfo conquistado no Mineirão no gol marcado por Thiago Neves, o Cruzeiro pode até empatar o confronto na Arena Corinthians para ficar com o bicampeonato consecutivo, o sexto na história. Com a ausência do gol qualificado no regulamento da competição para 2018, qualquer eventual vantagem do Timão por apenas um gol de diferença levará a decisão para as penalidades.

(Crédito da imagem: Marco Galvão/Foto Arena)

Deixe seu comentário