Galiotte detalha 'mão de Felipão' que faz Palmeiras brigar no Brasileirão e na Libertadores

Presidente do Verdão destacou forma como o treinador tem gerido elenco durante as competições: 'É uma gestão de pessoas'

381081
Compartilhar vídeo
Inserir vídeo
Tamanho do vídeo

O Palmeiras venceu o Grêmio pelo placar de 2 a 0, pela 29ª rodada do Campeonato Brasileiro, e está mais líder do que nunca da competição. O Verdão tem 59 pontos, contra 56 do Internacional, vice-líder. Neste domingo, o presidente do clube Maurício Galiotte participou de programa na TV Gazeta.

Um dos assuntos abordados foi a vitória fundamental do Alviverde frente ao Tricolor Gaúcho. O mandatário, ainda mantém o discurso de pés no chão, pois, segundo o próprio, todas as equipes têm condições de brigar pelo título da Série A, inclusive o rival desta tarde.

Finalíssima da Copa do Brasil, estreia do NBB e mais: a semana no FOX Sports

“Todos os clubes são grandes equipes. Hoje, tivemos um jogo muito difícil com o Grêmio, realmente muito difícil. A equipe do Grêmio trabalha muito bem a bola, tiveram mais posse de bola que o Palmeiras. Enfim, são bons times e todos eles têm condição de chegar ao título”, afirmou Galiotte.

Tendência na Europa, o time dirigido por Felipão é talvez o único no Brasil que roda o farto elenco. Assim, a competitividade entre os jogadores é estimulada, o que favorece o time. Questionado sobre um time na Conmebol Libertadores e outro no Brasileiro, Galiotte ressaltou que não existe equipe A ou B, mas sim um Palmeiras forte, e que sabe rodar o grupo.

Veja as últimas do Mercado da Bola e quem pode chegar ao seu time

“Eu não diria que tem time A, nem time B. Eu diria que tem uma nova maneira de nós administrarmos o elenco. É uma gestão de pessoas, é uma gestão do elenco que o Felipão tem feito e está sendo muito feliz, porque ele tem feito as mudanças, dependendo da partida, mas não é time titular ou time reserva, é um elenco como um todo que vem participando. Praticamente todos os jogadores do Palmeiras tem entrado, participado. Com isso, a gente ganha força, faz com que dependendo da situação de cada um dos atletas com chance de lesão, a gente consegue poupar”, ressaltou o presidente.

Dentro de campo, a equipe comandada por Luiz Felipe Scolari terá a semana cheia até o próximo compromisso. No dia 21, o Verdão recebe o Ceará, no Pacaembu às 16h00 (horário de Brasília) pela 30ª rodada do Brasileiro.

(Crédito da imagem: Cesar Greco/Ag. Palmeiras)