Tite indica mudanças que pode fazer na Seleção para clássico contra argentinos

Entre as novidades, o treinador afirmou há a possibilidade de sacar Gabriel Jesus do time para a entrada de Roberto Firmino

380865
False

A vitória por 2 a 0 sobre a Arábia Saudita marcou o retorno de três jogadores à Seleção Brasileira. Fora dos últimos amistosos, Gabriel Jesus, Renato Augusto e Lucas Moura voltaram a defender o time dirigido por Tite nesta última sexta-feira (12 de outubro), em Riade.

'Guerra Fria' no cage: Fedor e Sonnen se encaram no Bellator 208

O atacante do Manchester City ficou de fora da convocação para as partidas contra Estados Unidos e El Salvador, em setembro, enquanto o volante do chinês Beijing Guoan pediu dispensa por motivos pessoais. Já o jogador do Tottenham foi lembrado após a lesão de Everton, do Grêmio.

E todos tiveram papel de destaque no triunfo: após passar a Copa do Mundo em branco, Jesus desencantou e marcou o primeiro gol do Brasil, Renato Augusto atuou durante os 90 minutos, ao passo que Lucas entrou no segundo tempo e agradou.

Bellator, Nascar e SportsCar Championship: o super feriadão do FOX Sports

“Gabriel Jesus voltou e o fato fazer gol tira aquele peso. Agora é um jogador mais leve, a jogada flui com mais naturalidade. O Renato retoma o ritmo, o alto nível”, avaliou Tite, antes de falar sobre Lucas Moura, que por pouco não marcou o seu no início do segundo tempo.

“Vem do Tottenham jogando por dentro. Aqui utilizei como externo porque tem muita velocidade. Ele faz essa jogada de desafogo, de profundidade. Vão surgindo possibilidades, para que a gente tenha condição de utilizar”, explicou.

Veja as últimas do Mercado da Bola e quem pode chegar ao seu time

Insatisfeito com a atuação em Riade, o treinador indicou que deverá realizar mudanças para o amistoso contra a Argentina, na próxima terça-feira (16), às 15h, em Jidá. A tendência é que a linha defensiva seja toda modificada. No ataque, Gabriel Jesus pode dar lugar a Roberto Firmino.

“Temos a possibilidade de utilização de uma série de outros jogadores para o próximo jogo. Estou me oportunizando em mexer as peças, para que a gente consiga ter articulação e infiltração, armação e poder de conclusão, valorizar a posse de bola, mas ser vertical”, afirmou, antes de completar.

“Com Firmino, você traz um jogador que compõe o meio-campo com três médios. Com o Gabriel Jesus, tem meio e lado. O Richarlison faz lado e centro. São várias opções que a gente faz durante o jogo para ver como os atletas podem ser utilizados”, concluiu.

Saiba mais:

“Vai 20 vezes ao banheiro antes do jogo”, diz Maradona sobre Messi

Oficial: Henry será rival de Neymar no futebol francês

Real Madrid tentou tirar estrela do Barça na última janela de transferências  

Crédito da foto: Lucas Figueiredo/ CBF 

Deixe seu comentário