Neymar pede retomada de alegria ao Brasil e afirma que Gabriel Jesus foi injustiçado

Camisa 10 da Seleção Brasileira e do Paris Saint-Germain admitiu que comandados de Tite fizeram um jogo abaixo do esperado

380849
False

* Por Gazeta Press

A exemplo do técnico Tite, o atacante Neymar admitiu que a Seleção Brasileira esteve abaixo do esperado na vitória por 2 a 0 sobre a Arábia Saudita, em amistoso disputado na última sexta-feira (12 de outubro), em Riade.

“Não fizemos uma grande apresentação, mas fomos consistentes. Tem jogos que tem de ser assim. Você não vai apresentar um bom futebol, mas vai ser consistente e vai acabar ganhando o jogo. O importante foi a vitória”, avaliou o camisa 10, na zona mista do Estádio King Saud.

Na visão do astro do Paris Saint-Germain, faltou entrosamento para o time canarinho, que atuou com uma linha defensiva considerada reserva e algumas alterações em relação aos últimos compromissos.

'Guerra Fria' no cage: Fedor e Sonnen se encaram no Bellator 208

“É muita mudança também, falta um pouco mais de entendimento dentro de campo. Isso a gente vai pegando a cada jogo, a cada treino. Espero que a gente possa melhorar para o próximo jogo”, projetou.

Neymar se refere ao duelo com a Argentina, previsto para a próxima terça-feira, às 15 horas (de Brasília), em Jidá. Para o clássico sul-americano, o atacante espera que o Brasil apresente outra postura.

“A gente veio de uma Copa do Mundo difícil, em que fomos derrotados. Agora a gente tem de retomar o ânimo, a alegria, o futebol que a gente joga, de ir para cima, com vontade, ganhando. É isso o que a gente busca”, ressaltou.

Bellator, Nascar e SportsCar Championship: o super feriadão do FOX Sports

Gabriel Jesus injustiçado

A partida contra os sauditas ainda marcou o fim do jejum de gols de Gabriel Jesus, que passou o Mundial da Rússia em branco. Neymar, que deu a assistência para o tento do camisa 9, aos 42 minutos do primeiro tempo, afirmou que o criticado amigo foi injustiçado por seu desempenho na Copa.

“Eu estava querendo um gol do Gabriel. Trocaria cinco gols meus para ajudar ele. Foi tudo muito injusto o que ele passou na Copa, uma cobrança acima do necessário”, celebrou Neymar, que também cobrou escanteio para Alex Sandro dar números finais à partida.

“Fiquei feliz em poder ajudá-lo a voltar a marcar. Eu realmente estava pensando nisso. Sabíamos que ele estava precisando”, concluiu.

Veja as últimas do Mercado da Bola e quem pode chegar ao seu time

Saiba mais:

“Vai 20 vezes ao banheiro antes do jogo”, diz Maradona sobre Messi

Oficial: Henry será rival de Neymar no futebol francês

Real Madrid tentou tirar estrela do Barça na última janela de transferências  

Crédito da foto: Lucas Figueiredo/CBF

Deixe seu comentário