A declaração de Maradona sobre Messi que vai chocar o mundo da bola

Em entrevista ao FOX Sports México, na noite desta sexta-feira (12), o campeão do mundo em 1986 ainda afirmou que não o convocaria para a seleção argentina, caso ainda fosse o treinador

380843
Compartilhar vídeo
Inserir vídeo
Tamanho do vídeo

Campeão do mundo com a seleção argentina em 1986, Don Diego Armando Maradona poucas vezes criticou Lionel Messi, considerado até hoje como o seu grande sucessor na Albiceleste. Porém, em participação no programa do FOX SportsMéxico ‘A Última Palavra, na noite desta sexta-feira (12 de outubro) o craque argentino não poupou críticas ao compatriota.

'Guerra Fria' no cage: Fedor e Sonnen se encaram no Bellator 208

Para Maradona, é inútil dar a braçadeira de capitão a alguém “que vai 20 vezes ao banheiro antes de uma partida”, se referindo ao próprio Lionel Messi.

Bellator, Nascar e SportsCar Championship: o super feriadão do FOX Sports

“É difícil falar, mas é inútil querer tornar líder um homem que vai ao banheiro 20 vezes antes de um jogo. Messi é Messi no Barcelona e Messi é Messi jogando com a Argentina”, afirmou o ex-camisa 10 da seleção argentina, que ainda garantiu que, se ainda fosse o técnico da Albiceleste, não o convocaria.

“Não convocaria Messi, mas nunca diria nunca. Você tem que tirar a pressão. Temos que fazer de Messi o líder que queremos que ele seja. Se o fizesse jogar como quero, o convocaria e o faria jogar como sei que pode jogar", completou.

Veja as últimas do Mercado da Bola e quem pode chegar ao seu time

Crédito foto: EFE