Bandeira confirma acordo com Milan por Paquetá e dispara contra a oposição: “Esperava nível melhor”

Presidente rubro-negro concedeu entrevista coletiva na manhã desta sexta-feira (12 de outubro) e se defendeu das críticas dos antigos correligionários

380728
Compartilhar vídeo
Inserir vídeo
Tamanho do vídeo

O Flamengo vive um momento turbulento fora dos gramados. Às vésperas da eleição para presidente, situação e oposição trocam farpas, o que sobrou até para a transação que deve confirmar a saída do jovem Lucas Paquetá para o Milan. Nesta quinta-feira (11 de outubro), a Chapa UniFla emitiu uma nota criticando a negociação do meio-campista. Em entrevista coletiva na manhã desta sexta (12), o mandatário rubro-negro respondeu os oposicionistas.

Matt Mitrione x Ryan Bader e muito mais: é hoje no Bellator 207!

“Não existe nada que justifique acusações no plano pessoal, sobre a minha honestidade. Temos um acordo com o Milan de só divulgar esses detalhes mais tarde, e vamos cumprir. O Flamengo é transparente, todos os documentos serão colocados à disposição dos sócios, dos conselheiros. Não tem nada de errado, nada que se possa pensar em esconder”, disse o cartola.

Bandeira afirmou que não poderia revelar mais detalhes do acordo com o rossonero italiano, reafirmou que tudo foi feito de forma clara, sem prejudicar o Flamengo.

Bellator, Nascar e SportsCar Championship: o super feriadão do FOX Sports

“Os detalhes da negociação serão dados oportunamente, de acordo com o entendimento que tivemos com as outras partes, o jogador, seu procurador. Evidente que quando tudo tiver esclarecido, todo mundo vai ver: datas, valores e condições. Independentemente de qualquer coisa, acho desagradável levantar dúvidas sobre minha conduta pessoal, principalmente vindo de onde vem. Esperava que essa campanha tivesse nível melhor que a anterior, e pelo estou vendo, está vindo muito pior”, criticou.

Bandeira voltou a se defender e ainda disparou contra antigos correligionários que participaram de sua gestão no Flamengo, mas que integram a oposição ao presidente atualmente.

Veja as últimas do Mercado da Bola e quem pode chegar ao seu time

“Tem pessoas na Chapa Verde que eu respeito, que me conhecem. E eu achava que teriam certeza que eu seria incapaz de fazer qualquer coisa que fosse lesiva ao Flamengo ou que tivesse qualquer motivação pessoal. Infelizmente, estou me decepcionando muito neste processo. O Rodolfo (Landim) me conhece, conhece minha família, se ele tem algum tipo de dúvida quanto a minha maneira de proceder, ele deveria ter falado diretamente ou colocado de outra maneira. Sei que minha história de vida nunca deu margem para isso. O interesse de ganhar uma eleição leva a esse tipo de acusação ridícula, descabida”, finalizou.

Saiba mais:

Real Madrid monitora "nova pérola brasileira" do Corinthians

Dortmund pode pagar 'bolada' por atacante do Barça

Brilhando na Europa, brasileiro pode reforçar Espanha

Crédito da foto: Celso Pupo/Fotoarena