Mano 'cutuca' Jair por retranca no Mineirão: 'Eu até faço um pouquinho mais ofensivo, né!?

Técnico do Cruzeiro, conhecido por armar boas retrancas, se mostrou surpreso com a situação de jogo do Timão e ressaltou que até ele faz um time mais ofensivo

380552
Compartilhar vídeo
Inserir vídeo
Tamanho do vídeo

O Cruzeiro encontrou grandes dificuldades para furar o bloqueio do Corinthians, na primeira partida das finais da Copa do Brasil, na noite dessa quarta-feira, no Mineirão. No fim, a vitória por 1 a 0, diante da qualidade técnica do duelo diante de tanta retranca pela parte corintiana deve ser comemorada pela Raposa. O técnico Mano Menezes, conhecido por armar boas retrancas, se mostrou surpreso com a situação de jogo do Timão e ressaltou que até ele faz um time mais ofensivo.

“Não dá para saber o que o adversário vai fazer, temos que enfrentar a proposta que está de outro lado. Eu até nos meus melhores dias faço um pouquinho mais ofensivo, né!? Não tão atrás. Mas eu respeito todo mundo, a gente não escolhe e cada um sabe como cada um deve armar sua equipe”, destacou.

Dê sua nota para os jogadores de Cruzeiro e Corinthians na Copa do Brasil

O Cruzeiro tem uma pequena vantagem para o jogo de volta. Mano garante que tem alguma ideia do que Jair Ventura vai fazer na partida de volta, considerando o histórico do duelo contra o Flamengo, nas semifinais da Copa do Brasil, no entanto, pela diferença no placar quer esperar para preparar a proposta.

“O Corinthians teve uma proposta, a gente batalhou em cima desse jogo, criamos boas chances para marcar, fizemos um, mas vamos esperar o jogo de lá, então não sabemos o que ele vai fazer. Temos algumas ideias, porque já vimos eles jogarem contra o Flamengo, como mandante na sua casa, com situação um pouco diferente porque contra o Flamengo foi empate e a gente ganhou por 1 a 0. Então, não sei o que o Jair vai pensar”, finalizou.

Veja as últimas do Mercado da Bola e quem pode chegar ao seu time

Cruzeiro e Corinthians voltam a campo para a grande final na quarta-feira (17), em São Paulo. Para este jogo, a Raposa não poderá contar com Egídio, suspenso pelo terceiro cartão amarelo.

(Crédito da imagem: Agência EFE)