Ibrahimovic se manifesta e 'compra briga' de José Mourinho no Manchester United

Em entrevista ao jornal inglês Mirror, sueco saiu em defesa do Special One e ressaltou a capacidade do português de dar a volta por cima e fazer do time da atual temporada uma equipe vencedora

380438
False

A vitória heroica conquistada contra o Newcastle no último fim de semana aliviou a pressão sobre José Mourinho no Manchester United. Muito contestado pelos maus resultados acumulados nas últimas partidas, o português ganhou sobrevida no cargo e um número maior de defensores. Um deles, aliás, seu ex-comandado e atualmente no LA Galaxy, dos Estados Unidos: Zlatan Ibrahimovic.

Léo Duarte revela a principal mudança do Flamengo com Dorival Júnior

Em entrevista ao jornal inglês Mirror, Ibra saiu em defesa do Special One e ressaltou a capacidade do português de dar a volta por cima e fazer do Unied da atual temporada um time vencedor. Entretanto, alertou que Mourinho, mesmo sendo um dos melhores à beira do campo, não faz milagres se não tiver um elenco comprometido e qualificado.

Veja as últimas do Mercado da Bola e quem pode chegar ao seu time

“Mourinho é um dos melhores e vejo ele com muita capacidade para vencer a Premier League desta temporada. Ele é o treinador ideal para o Manchester United, pois conhece o clube e é um vencedor”, disse Ibrahimovic, treinado pelo Special One nos Red Devils e na Inter de Milão.

Cruzeiro x Corinthians e muito mais ao vivo nos canais FOX Sports

“Mas algo precisa ser dito. Um treinador nunca é tão bom quanto sua equipe, ou seja, ele não pode fazer milagres se o time não for bom o suficiente para trazer resultados. No caso do United, sinto que a equipe é boa e está em evolução, ficando melhor a cada partida. É o terceiro ano de José Mourinho no clube e os jogadores percebem cada vez mais a forma como ele quer jogar”, ressaltou o atacante.

Saiba mais:

Marcos Assunção relembra soco em Valdivia

L. Duarte revela culpados por saída de Barbieri

Barcelona já tem alvo definido para a zaga

Crédito: Agência EFE

Deixe seu comentário