Arão revela cobrança de Dorival no Flamengo e admite mudança: "É fazer ou fazer"

Escolhido para falar com os jornalistas, volante exaltou o treinador pelos treinamentos feitos no Ninho do Urubu e a intensidade pedida para os atletas

380382
False

Embalado de uma vitória por 3 a 0 sobre o Corinthians, na última sexta-feira (5 de outubro), o Flamengo chegou ao terceiro lugar e segue vivo na briga pelo título do Brasileirão. Sob o comando de Dorival Júnior, a equipe conseguiu quatro pontos em dois jogos e busca mais três diante do Fluminense. E o volante Willian Arão ressaltou a importância do comandante neste momento.

Cruzeiro x Corinthians e muito mais ao vivo nos canais FOX Sports

Para o camisa 5, o novo treinador, apesar do pouco tempo de trabalho, tem cobrado bastante dos atletas nos treinamentos no Ninho do Urubu. Segundo ele, esse perfil tem sido nítido e ajuda bastante a equipe para os confrontos que acontecerão nesta reta final:

"O Dorival nos cobra de uma forma que temos que fazer ou fazer. Treinamos e acaba virando automático. Quando a bola sai, cada jogador sabe para onde correr. E isso cria dificuldade para os adversários", afirmou Arão, que completou:

Veja as últimas do Mercado da Bola e quem pode chegar ao seu time

"A primeira impressão do Dorival é muito boa. Nunca tinha trabalhado com ele, mas tinha jogado contra. Eram times com intensidade muito alta e é isso que ele nos pede. Muita intensidade, força no mano a mano", finalizou.

Saiba mais:

Marcos Assunção relembra soco em Valdivia

L. Duarte revela culpados por saída de Barbieri

Barcelona já tem alvo definido para a zaga

Crédito da foto: Gilvan de Souza/Flamengo

Deixe seu comentário