“O Barcelona me deixou com depressão por dois anos”, diz ex-Manchester United

Volante inglês Michael Carrick revelou que sofreu após a derrota na final da Uefa Champions League em 2009

380323
False

A derrota do Manchester United para o Barcelona na final da Uefa Champions League de 2009, em Roma, causou sérios danos ao clube inglês. Sobretudo ao ex-capitão do time, o britânico Michael Carrick. Quem revelou foi o próprio jogador, em sua autobiografia, que está sendo publica por partes no jornal The Times.

Cruzeiro x Corinthians e muito mais ao vivo nos canais FOX Sports

Os Red Devils eram os atuais campeões do principal torneio europeu e enfrentavam o Barcelona, que contava com jogadores como Lionel Messi, Samuel Eto’o e Thierry Henry. Apesar de contarem ainda com o português Cristiano Ronaldo, o time inglês foi derrotado por 2 a 0 e ficou com apenas o vice-campeonato.

“O Barça me provocou dois anos de depressão”, disse o ex-jogador, que vestiu a camisa vermelha de Manchester por 12 temporadas. “De alguma maneira, foi o momento mais baixo da minha carreira e realmente não sei o motivo. Havia decepcionado na partida mais importante da minha carreira”, afirmou Carrick, que esteve envolvido no primeiro gol da partida, marcado pelo camaronês Eto’o.

Veja as últimas do Mercado da Bola e quem pode chegar ao seu time

Michael Carrick foi revelado pelo West Ham e teve passagens por Swindon Town e Birmingham City, antes de se transferir para o Tottenham. O volante acertou sua ida para o Manchester United em 2006 e jogou até se aposentar, em 2018, e virar auxiliar técnico do clube.

Saiba mais:

Marcos Assunção relembra soco em Valdivia

L. Duarte revela culpados por saída de Barbieri

Barcelona já tem alvo definido para a zaga

Crédito da foto: Reuters

Deixe seu comentário