Arsenal faz 5 no Fulham e encosta nos líderes da Premier League

No duelo de times londrinos, a equipe de Unai Emery não teve piedade e fez 5 a 1

380041
False

O Arsenal visitou o Fullham para o clássico londrino e goleou o time da casa por 4 a 1 em ótima atuação do ataque. O time de Unai Emery segue com uma incrível sequencia no Campeonato Inglês após as duas derrotas nas rodadas inaugurais do Nacional. Em jogo de destaque ofensivo, com boa aparição de Iwoba, Ramsey, Bellerín, Lacazette e Abameyang, os Gunners não tiveram trabalho nem sofreram riscos no Craven Cottage neste domingo. Os gols da partida foram marcador por Andre Shurrle para os anfitriões e Lacazette duas vezes, Ramsey e dois de Auba para o Arsenal.

Real Madrid perde mais uma na La Liga! Veja os melhores momentos

O Fullham estacionou na frente da zona de rebaixamento, com apenas cinco pontos e sofreu sua quinta derrota em oito jogos. Na próxima rodada o time pega o lanterna Cardiff, fora de casa. Já o Arsenal conquistou a sexta vitória seguida e chegou aos 18 pontos, se aproximando da ponta de cima da tabela. Seu próximo compromisso é em casa contra o Leicester.

O jogo

A partida começou com os donos da casa já saindo para o ataque em busca do gol, obrigando Lena a fazer uma defesa importante já nos primeiros cinco minutos. Sem deixar barato, o Arsenal logo respondeu, levando perigo à área com Mkhitaryan tendo uma boa chance de finalizar, mas sendo cortado antes.

Bayern é goleado em casa e despenca na Bundesliga! Assista aos melhores momentos

Em jogo aberto e com alta intensidade, ambos os times chegavam na intermediária adversária com rápidos toques e com certa criatividade, dando muito trabalho para as defesas. Apesar de um equilíbrio na posse de bola e nas chances, foram os visitantes que marcaram primeiro.

Aos 27 minutos, o Arsenal inaugurou o marcador em jogada de Iwobi pela esquerda, entrando na área. O nigeriano viu a passagem de Nacho Monreal para a linha de fundo e passou para o camisa 18, que mandou um cruzamento rasteiro interceptado por Lacazette na entrada da pequena área. O francês dominou, girou desequilibrado e chutou para o fundo da rede, sem chance para Bettinelli.

Com a vantagem, o Arsenal não deixou de atacar e continuou buscando espaços, sobretudo pela esquerda. No entanto, com as tentativas ofensivas, a defesa aberta permitia subidas do Fullham também. Os últimos minutos da primeira etapa foram de pressão dos donos da casa, que tiveram duas chances e, na segunda, não desperdiçaram.

Em saída errada dos Gunners, o Fullham rapidamente viu o adversário desorganizado e com boa enfiada de bola para Vietto, o camisa 19 viu Andre Shurrle entrando na área e colocou o alemão na cara do gol para vencer Leno e igualar a partida aos 44 minutos iniciais.

Na volta dos vestiários o Arsenal saiu na frente nas ofensivas. Com ritmo alto, o time buscava espaços principalmente pela esquerda, com subidas de Iwobi. Aos dois minutos, depois de uma bola sobrando para Bellerín, o camisa 2 experimentou um chute cruzado de fora da área para Bettinelli fazer uma linda defesa. Mas o trabalho do goleiro foi em vão, já que na sequência o Fullham perdeu a posse e Lacazette, de muito longe, chutou no cantinho direito da meta, colocando o Arsenal na frente de novo.

Mais uma vez atrás no placar, o Fullham passou a dominar a posse de bola, em busca do empate. O Arsenal administrava e com a defesa bem postada, impedia que Leno fosse ameaçado. Os Gunners jogavam com inteligência esperando encontrar espaços em contra-ataques, mas não conseguiram efetividade.

Veja as últimas do Mercado da Bola e quem pode chegar ao seu time

Foi aos 22 minutos que o Arsenal saiu do campo defensivo e deu uma aula de contra-ataque. Com toques rápidos, de primeira, o time saiu com um total de 10 toques na bola até ela tocar caprichosamente na trave antes de entrar no gol, após toque de letra de Ramsey. Começando lá atrás pela direita, Bellerín deu um lindo passe de calcanhar, para Ramsey virar o jogo de cabeça para Mkhitaryan, que lançou Aubameyang até a linha de fundo esquerda, que mandou cruzamento rasteiro para o mesmo Ramsey dar um toquinho de letra para o gol.

Apesar de administrar a partida com tranquilidade, o Arsenal não abriu mão de atacar e aos 33 minutos chegou ao quarto gol. Depois de inversão de jogo, Bellerín recebeu na ponta direita e cruzou para Aubameyang dominar e chutar para estufar a rede.

Com o resultado ótimo na conta, o Arsenal ainda conseguiu ficar com a posse de bola, trocando passes no meio de campo. E ainda deu tempo para Ramsey devolver a assistência de Auba em seu gol, deixando o camisa 14 dentro da área para fechar a conta e fazer o quinto.

Saiba mais: 

Palmeiras fala sobre Zé Rafael

Seleção pode ter mais um desfalque

Corinthians espera ótima notícia

Crédito da foto: Reuters

Deixe seu comentário