Sem chances com Tite, ex-jogador do Vasco pode se naturalizar italiano

De acordo com o jornalista Francesco Modugno, do canal italiano SKY Sport, o volante Allan, do Napoli, considera a ideia de se naturalizar para servir à seleção Azzurra

379932
False

Desde 2012 no futebol italiano, o meio-campista Allan pode acabar jogando também pela seleção da Itália. É o que apurou o jornalista Francesco Modugno, do canal SKY Sport. Sem ser lembrado por Tite para a Seleção Brasileira, o brasileiro, que também possui cidadania portuguesa, considera a possibilidade de obter uma terceira nacionalidade para defender a Azzurra.

Bayern, Borussia, Boca e muito mais ao vivo nos canais FOX Sports

Sem vestir a Amarelinha desde 2011, quando disputou o Mundial da categoria sub-20, o volante do Napoli estaria sendo observado por Roberto Mancini, treinador da Itália, e pela Federação Italiana de Futebol, que não descartam a ideia. Fora da última Copa do Mundo, a seleção possui um problema considerado no meio de campo, e Allan poderia ser a peça ideal para solucionar a questão.

Ex-Barça faz três e garante vitória do Borussia em jogo épico; veja os gols

Revelado pelo Vasco em 2009, Allan se destacou como um jogador polivalente, podendo atuar como volante ou lateral-direito. No clube carioca foi campeão da Série B do Brasileirão, no mesmo ano, e duas temporadas depois foi peça fundamental na conquista da Copa do Brasil e do vice-campeonato Brasileiro.

Veja as últimas do Mercado da Bola e quem pode chegar ao seu time

Em 2012 foi vendido à Udinese, iniciando sua caminhada no futebol italiano. Após três anos sendo titular absoluto na equipe, foi negociado com o Napoli, onde alcançou ainda mais destaque e visibilidade. Na temporada 2017/18, foi um dos jogadores napolitanos que mais foi a campo, tendo atuando em 50 partidas sob o comando de Maurizio Sarri e marcando quatro gols.

Saiba mais:

Flamengo conversa para ter Rodriguinho

Agente revela se Pogba deixará o United

Palmeiras pode ter até 10 desfalques

Crédito Foto: Pedro Martins/MoWA Press

Deixe seu comentário