Mourinho esbanja mau humor com 'patadas secas' em entrevista

Na véspera do duelo contra o Newcastle, pela Premier League, treinador evidenciou o momento tenso pelo qual passa no Old Traford

379807
False

Alvo de muitos questionamentos na Inglaterra, o técnico José Mourinho concedeu entrevista coletiva na manhã desta sexta-feira (5 de outubro) para projetar a partida contra o Newcastle, que acontece neste sábado, em Old Traford, pela Premier League.

Bayern, Borussia, Boca e muito mais ao vivo nos canais FOX Sports

O já conhecido temperamento do português chamou a atenção. Com um evidente clima tenso no clube, Mou não falou mais que três minutos e distribuiu 'patadas secas' nos jornalistas presentes:

Por que o time tem estado tão mal?

J.M: Devido a muitas razões.

Não pode dizer quais são?

J.M: Não!

Veja as últimas do Mercado da Bola e quem pode chegar ao seu time

Qual a importância de vencer o Newcastle?

J.M: Muito importante. Estamos no início de outubro e ao olharmos para as classificações por toda a Europa, percebemos que não refletem o que vai acontecer nos próximos meses ou no final da temporada. Podemos fazer muito melhor e para isso precisamos de pontos, pontos que perdemos nos últimos dois jogos da Premier League. Só conseguimos um de seis pontos. Temos de melhorar e precisamos muito desta vitória. O nosso adversário, por diferentes razões, também precisa de pontos. Tem um grande treinador, uma equipe que está sempre muito bem organizada, especialmente contra times da primeira metade da tabela. Foram jogos muito difíceis para os adversários. Por isso, esperamos muitas dificuldades.

Quatro jogos consecutivos sem vencer é inaceitável para um clube como o Manchester United, não é?

J.M: Sim, aceito.

Para fechar a entrevista, o treinador foi questionado por um repórter: Está fazendo tudo o que pode? José Mourinho se levou e deixou a sala.

Saiba mais:

Meia do Palmeiras é vítima de sequestro relâmpago

"Essa arbitragem foi uma quadrilha, um vagabundo"

Estrela do Boca provoca Egídio após eliminação

Crédito da foto: EFE

Deixe seu comentário