Moisés revela inspiração para vencer o São Paulo no Morumbi

O meio-campista relembrou a conquista do último título brasileiro do Verdão, em 2016

379798
False

Depois de quebrar dois tabus nesta semana ao vencer o Cruzeiro após jejum de dez jogos e chegar à semifinal da Copa Libertadores pela primeira vez depois de 17 anos, o Palmeiras tenta quebrar uma nova marca neste sábado. Em clássico contra o São Paulo, o Verdão busca a vitória no Morumbi, algo que não ocorre desde 2002.

Bayern, Borussia, Boca e muito mais ao vivo nos canais FOX Sports

Para conseguir o feito, Moisés busca inspiração na campanha do eneacampeonato brasileiro palestrino, conquistado em 2016. Para chegar ao título, o Alviverde venceu o Sport em Pernambuco, o que não ocorria desde 2009, o Atlético-PR em Curitiba (2008) e o Internacional no Beira-Rio após 19 anos.

“Eu me lembro bem, em 2016, o que tinha de tabu para a gente quebrar… Meu Deus do céu. Todo jogo era tabu. Falei de onde que saía tanto tabu assim. Agora mais um. Não vamos preocupados com tabu, vamos preocupados em vencer porque o campeonato necessita disso. Estamos na liderança e queremos manter. Isso que vai nos motivar a conquistar a vitória”, afirmou o meia Moisés.

Veja as últimas do Mercado da Bola e quem pode chegar ao seu time

“Estamos fazendo um ano muito bom, regular, não fomos campeões ainda e não estamos na final da Copa do Brasil por detalhe. Talvez um pouco de erro nosso, erro da arbitragem. Acho que merecemos algo bom nesse final. Temos tido regularidade, desde que o professor voltou melhorou ainda mais”.

Em 20 de março de 2002, Alex anotou um gol de placa, dando chapéu em Rogério Ceni, e o Palmeiras goleou o São Paulo no Morumbi por 4 a 2. Desde então, são nove empates e 15 derrotas na casa tricolor. O Alviverde espera repetir então o desempenho que tem no Choque-Rei no Morumbi: sete jogos e sete triunfos.

Saiba mais:

Meia do Palmeiras é vítima de sequestro relâmpago

"Essa arbitragem foi uma quadrilha, um vagabundo"

Estrela do Boca provoca Egídio após eliminação

Crédito da foto: Flickr/Divulgação Palmeiras

Deixe seu comentário