Rodrigo Bueno: Clubes ingleses são de fato os mais populares no sudeste asiático

Uma pesquisa feita pela Octagon apontou o Manchester United como o clube mais popular da Ásia, algo que é explicado em boa parte por causa de alguns ícones, como Beckham, Cristiano Ronaldo e o sul-coreano Park Ji-Sung

350069
False

Estive na chamada Indochina (Camboja, Laos, Tailândia e Vietnã) nas minhas férias e ficou claro nesta viagem que as pesquisas não mentem: os clubes ingleses são de fato os mais populares no sudeste asiático. Vi apenas camisas de times da terra da Rainha e um ou outro uniforme de Barcelona e Real Madrid em 20 dias perambulando por várias cidades desses quatro países, que estão curtindo e evoluindo cada vez mais no futebol (o Vietnã, por exemplo, acaba de ser vice-campeão asiático no sub-23, tendo perdido a final para o Uzbequistão com um gol nos segundos finais apenas).

Grécia x Suíça, adversário do Brasil na Copa, sexta, às 16h, exclusivo no FOX Sports

Cristiano Ronaldo e Messi, como era de se imaginar, são os jogadores mais populares na região, até pelas publicidades que fazem por lá. Beckham, acredite, ainda é um fenômeno de marketing no sudeste asiático, assim como Neymar se fixou como rosto muito popular no Japão.

Neste post, coloco algumas fotos da viagem, como a de uma loja que vende camisas de times de futebol. Não encontrei nenhuma de clube brasileiro, o que não me surpreendeu. Assisti parte do clássico entre Manchester United x Liverpool num bar em Hoi An, pequena e turística cidade do Vietnã. O público local estava bem envolvido com o jogo, com os torcedores do United em bando devidamente uniformizados vibrando e bradando contra a minha blusa vermelha naquela noite (não quis provocar ninguém como torcedor dos Reds, foi uma coincidência apenas, eu juro).

Uma pesquisa feita pela Octagon apontou o Manchester United como o clube mais popular da Ásia, algo que é explicado em boa parte por causa de alguns ícones, como Beckham, Cristiano Ronaldo e o sul-coreano Park Ji-Sung. Os Diabos Vermelhos lideram a preferência em países como China, Cingapura, Coreia do Sul, Indonésia e Malásia.

Veja as últimas do Mercado da Bola e quem pode chegar ao seu time

O Japão ainda conserva o Milan como o seu time preferido, segundo essa pesquisa. Possivelmente um resquício dos esquadrões que o Milan levou ao Japão em Mundiais nos anos 80, 90 e 00, mas também por causa de um acordo do rubro-negro de Milão com os donos da marca Hello Kitty. Real Madrid e Barcelona crescem nas pesquisas na China e no Japão. Liverpool, Chelsea e Arsenal são muito queridos no sudeste asiático.

A mesma pesquisa da Octagon detectou que Messi lidera em popularidade na maioria dos países da região, mas, pela minha experiência pessoal recente, posso dizer que CR7 está muito bem cotado. O rosto dele estampa mais publicidades neste momento na região.

A seleção brasileira parece não ser mais tão admirada como no passado. Não encontrei nesta viagem nenhuma “amarelinha”, mas trombei com uniforme da Alemanha à venda, por exemplo. Pelas conversas que tive com locais, o público mais jovem não tem aquela veneração pelo futebol brasileiro que muitos dos mais velhos tinham. Algo que pode ser mudado com o Mundial da Rússia e a ascensão de Neymar.

Saiba mais:

Barça monitora Paulinho, do Vasco

Tite está em lista de alvos do PSG

Santos contrata desejo do Palmeiras

Sabemos que nos últimos anos vários clubes europeus têm feito pré-temporadas no sudeste asiático para arrebatar o coração de quase 10% da população mundial que vive ali. Além disso, vários negócios são feitos entre clubes da Inglaterra, sobretudo, e asiáticos. O Everton construiu acordo com a cerveja tailandesa Chang, uma potência na Ásia. O Chelsea fechou com a Samsung. O empresário e político tailandês Thaksin Shinawatra assumiu o controle do Manchester City. E por aí vai.

O Bayern de Munique é outro gigante europeu que tem recebido destaque em pesquisas de popularidade na Ásia. A Bundesliga fica bem atrás da Premier League na preferência dos torcedores no sudeste asiático, mas o Bayern figura bem em pesquisa online da Red Card sobre os times mais populares.

Pesquisa da YouGov sobre torcidas na China, Indonésia, Cingapura, Hong Kong, Tailândia, Malásia e Austrália (que no futebol está hoje na Confederação Asiática) coloca, na ordem, os seguintes clubes no coração do povo: Manchester United (15% da preferência), Liverpool (7%), Arsenal (6%), Barcelona (6%), Chelsea (5%), Real Madrid (5%), Milan (4%), Bayern (3%) e Manchester City (2%). Dentre os times com 1% da preferência, estão populares clubes asiáticos, como o Melbourne Victory e o Sydney, ambos da Austrália, o Buriram United, da Tailândia, e o Persib Bandung, destacado pela Confederação Asiática por ter quase 10 milhões de torcedores apenas no Facebook (o Flamengo, para se ter uma ideia, conta com cerca de 11,5 milhões de torcedores ou simpatizantes no facebook).

Essa mesma pesquisa da YouGov coloca o Campeonato Brasileiro como a liga nacional preferida depois das cinco grandes da Europa (Inglaterra, Espanha, Alemanha, Itália e França). Os torcedores no sudeste asiático dão um relativo valor para suas ligas nacionais. Normalmente as ligas domésticas só são superadas na preferência popular pela Premier League, o que explica muito as torcidas numerosas dos times britânicos. O Campeonato Brasileiro, pela pesquisa da YouGov, estaria sendo acompanhado por 6% dos torcedores no sudeste asiático, apenas um ponto abaixo do Francês e dois pontos acima do Holandês e da norte-americana MLS (a Premier League é vista por 51% da população local).

Crédito da imagem: Rodrigo Bueno

Deixe seu comentário