Fabio Azevedo: Silêncio de Rueda incomoda Fla, e conselheiros fazem pressão por Cuca em 2018

Por conta da indefinição do comandante, especulado para dirigir a seleção chilena, diretoria está insatisfeita com o caso. Na Gávea, nome do ex-treinador do Palmeiras ganha força

337090
False

Ainda sem ter uma definição do caso Reinaldo Rueda, especulado para ser técnico da seleção chilena, o Flamengo já começa a sofrer pressão interna por um treinador. Enquanto a diretoria está insatisfeita com a situação do colombiano, alguns conselheiros já começam a pressionar por um nome. E a bola da vez nos corredores da Gávea é Cuca.

Veja a programação dos canais FOX Sports 

No momento, Eduardo Bandeira de Mello e Rodrigo Caetano ainda não têm total aceitação com o nome do ex-Palmeiras. A prioridade é continuar com Rueda, que tem contrato até 2018. Só que a saída do comandante se aproxima, segundo a imprensa chilena, e o silêncio incomoda. Assim, as chances pela terceira passagem de Cuca aumentam, muito pela falta de opções no mercado.

Veja as últimas do Mercado da Bola e quem pode chegar ao seu time

Anteriormente, o treinador já esteve no Flamengo em duas ocasiões: em 2005 e em 2009. A segunda, apesar de todos os problemas de relacionamento na época, foi marcada pela montagem do elenco que acabou campeão brasileiro no fim daquele ano, encerrando um jejum de 17 anos sem uma conquista da competição.

Outra mudança encaminhada no Flamengo é na gerência. Carpegiani, ídolo do clube nos anos 80, está muito próximo de ser confirmado para a função de Mozer, que atua como gerente de futebol.

Saiba mais:

Lucas Lima responde provocação

Vice do Fla fala sobre reforços

Vasco pode acertar troca por Kieza

Crédito da foto: Gilvan de Souza/Flamengo

Deixe seu comentário