Rodrigo Bueno: Santos lucra mais com Neymar agora do que na venda

Clube da Vila Belmiro deve ficar com algo entre R$ 26,6 e R$ 32,6 milhões por conta do mecanismo de solidariedade da Fifa

316152
False

Se for confirmado o pagamengo de € 222 milhões do Paris Saint-Germain para o Barcelona pela aquisição de Neymar, o Santos deverá ficar com quase R$ 41 milhões, cerca de 5% do montante total do negócio por ser o clube formador do craque brasileiro. Curiosamente, o clube paulista deverá ganhar bem mais agora com Neymar do que em 2013, quando o vendeu para o time catalão.

Neymar chegou à equipe da Vila Belmiro ainda em 2003, quando completou 11 anos. Dez anos depois, ele se transferiu para o Barcelona na mais nebulosa transação da história. O Barcelona anunciou valores diferentes do Santos no acerto, algo que gerou problemas nos dois clubes e que despertou a ira do fisco espanhol. Terceiros interessados se disseram prejudicados na transação também, algo que foi parar na Justiça. Sandro Rosell deixou a presidência do Barcelona na esteira dessa negociação pouco transparente capitaneada pelo pai de Neymar, o mesmo que cuida agora da bombástica ida do filho para a França. Neymar pode não ser o melhor jogador do mundo (talvez seja um dia), mas já deve entrar para a história como o jogador mais caro de todos os tempos (pelo menos até alguma outra loucura financeira ser praticada no mundo da bola).

O Santos apresentou para seus conselheiros em 2013 números não muito animadores a respeito da venda de seu maior craque depois da era Pelé. O clube recebeu apenas € 17 milhões (cerca de R$ 49 milhões à época), mas 40% disso teve que ser repassado à DIS e 5% foram para a Teisa (Terceira Estrela Investimentos S.A.). Isso significa dizer que o Santos ficou só com € 9 milhões (aproximadamente R$ 26 milhões então). Agora, como clube formador, ele ficaria sozinho, em tese, com os 5% da venda de Neymar para o PSG (R$ 40,7 milhões na cotação de hoje).

Veja a programação da semana no FOX Sports

Não se sabe ainda como será o desfecho da negociação de Neymar, até porque tem muita gente interessada nessa dinheirama. A própria DIS, grupo de investimento que tinha 40% dos direitos econômicos de Neymar, briga na Justiça ainda para receber o que entende ser de seu direito. E uma ação na Espanha pode mudar o destino de muito dinheiro que cerca ainda a primeira grande venda de Neymar. O Santos, de qualquer forma, é talvez quem mais celebre esta saída agora de Neymar para o futebol francês.

Já Neymar, cada vez mais milionário, tem relações ruins hoje com o Santos, com a DIS, com o Barcelona, com a Espanha...

Atualização:

Neymar saiu do Santos antes dos 23 anos, portanto o time paulista não ficaria totalmente com os 5% do mecanismo de solidariedade da Fifa por ser o clube formador. Deve receber algo entre 3,27 e 4% do valor total da negociação. Assim, a expectativa na Vila Belmiro é que o clube abocanhe agora algo entre R$ 26,6 e R$ 32,6 milhões, o que já superaria o valor oficial apresentado na venda de Neymar para o Barcelona (incluindo os pagamentos a terceiros).

Deixe seu comentário