Fabio Azevedo: Philippe Coutinho "não tem preço" e Barça precisa de mais do que os R$ 368 milhões

Dono do Liverpool precisa ser convencido pelo Barcelona a vender o craque brasileiro. Técnico Jürgen Klopp é contra saída do jogador

315018
False

O Barcelona sonha com a contratação do meia-atacante Philippe Coutinho, do Liverpool, mas este sonho não tem preço. Diferentemente de outros países europeus, em que os clubes têm que estipular uma multa rescisória, na Inglaterra, os clubes têm donos e os valores são de acordo com a vontade de quem administra. 

O Liverpool, por exemplo, foi comprado pelo grupo New England Sports Ventures (NESV), que já é dono do time de beisebol americano Boston Red Sox, por US$ 475 milhões, em 2010, e desde então o grupo estabelece os valores para saída de jogadores. Em 2014, o atacante Luis Suárez foi negociado pelo Liverpool, com o Barcelona, por € 75 milhões (algo em torno de R$ 225 milhões à época). 

Hoje, a saída de Coutinho seria por, pelo menos, € 100 milhões (R$ 368 milhões). Mas, os donos do clube inglês precisam ser convencidos a negociar o atleta. O técnico Jürgen Klopp já demonstrou aos dirigentes que é contra a saída do craque e mostrou que o mercado não tem tantas opções para substituição. James Rodriguez era um nome, mas ele já trocou o Real Madrid pelo Bayern de Munique. 

Em 2013, o Liverpool teria pago € 13,7 milhões (R$ 37 milhões) ao Internazionale de Milão para contar com o jogador. Três anos antes, os italianos o tiraram do Vasco por pouco mais de € 4 milhões (aproximadamente R$ 10 milhões). Aos 18 anos, Philippe Coutinho trocava o Brasil pela Itália. Após uma temporada e meia, o jogador foi emprestado ao Espanyol por seis meses, retornando ao Inter em janeiro de 2012. 

De olho nas cifras milionárias que podem envolver a saída de Coutinho do Liverpool para o Barcelona, a diretoria do Vasco aguarda o desfecho para exercer o mecanismo de solidariedade da FIFA, por ser clube formador ao atleta. O Vasco teria direito a 2,25% dos direitos econômicos com relação a qualquer transferência internacional que envolva o meia brasileiro. 

Se a negociação for fechada em € 100 milhões, o clube carioca teria direito a receber € 2,25 milhões (R$ 8,3 milhões). 

Deixe seu comentário