Corinthians é mais Figueira no domingo

Semelhanças e coincidências: mesmo em situações distintas, Corinthians e Figueirense estão mais ligados do que você imagina

225896
False

O Corinthians tem preto e branco. O Figueirense também tem. Uma das organizadas mais expressivas do Timão se chama Gaviões. Do Figueira também. E os dois times tiveram alguns craques em comum. Confira um time de jogadores que vestiram os dois mantos:

FELIPE – Chegou ao Corinthians em 2007 e se destacou até a saída. Conquistou pelo Corinthians os títulos da Copa do Brasil de 2009 e do Paulistão (invicto) também em 2009. Hoje, Felipe, que teve passagens pelo Flamengo, Vitória, Portuguesa e Bragantino, está na reserva de Muralha no Figueirense.

THIAGO HELENO – O zagueiro teve uma breve passagem pelo Corinthians, quando foi contratado ao Cruzeiro. À época, o treinador corintiano era Adilson Baptista. Hoje é beque do Figueira.

CHICÃO – Antes de ser contratado pelo Corinthians em 2008, Chicão se destacou com a camisa do time catarinense. Pelo Timão, Chicão conquistou diversos títulos até a sua saída em 2013. Os principais: Libertadores da América de 2012 e Mundial de Clubes do mesmo ano.

MARQUINHOS – Revelado pelo Corinthians, o zagueiro Marquinhos jogou por diversas seleções de base. Na maioria delas fez dupla de zaga com Edu Dracena, que era do Guarani. Em 2005 ficou marcado não por boas atuações com a camisa alvinegra, mas por uma briga com o argentino Tévez durante um treino no Parque São Jorge.

ANDRÉ SANTOS – Um dos melhores laterais-esquerdos da história do Corinthians, André Santos chegou ao clube, em 2008, depois de um belíssimo Brasileirão pelo Figueirense. Com a camisa do Timão, além de ter feito quase 30 gols em menos de 100 jogos, André conquistou a Copa do Brasil e o Paulistão de 2009.

CARLOS ALBERTO – Apelidado de “Gato”, o volante Carlos Alberto, que também atuava como lateral-direito, jogou com a camisa do Timão entre 2006 e 2007. Mas seu melhor momento, sem dúvida, foi com a camisa do time catarinense.

CARLOS ALBERTO – Hoje no Figueirense, o polêmico e talentoso Carlos Alberto fez parte do Corinthians campeão brasileiro de 2005. Revelado pelo Fluminense, Carlos Alberto brilhou ainda no Porto, conquistando a Champions League. Jogou ainda por Botafogo, Vasco, Grêmio, São Paulo...

SÉRGIO GIL – Para alguns ele seria uma espécie de “Novo Zico”. Criado no Figueirense, Sérgio Gil era de uma família de boleiros. Seus irmãos eram Almir (volante que jogou pelo São Paulo) e Tonho (meia que defendeu Grêmio, Inter e Coritiba). Contratado ao Corinthians em 1988, Sérgio Gil até bons momentos a camisa do Timão, mas nunca se firmou totalmente como titular. Morreu aos 19 anos, em 1989, na BR-116. O Escort XR-3 dele chocou-se em uma carreta.

EDMUNDO – Grande ídolo das torcidas do Vasco e do Palmeiras, o Animal teve boas passagens pelo Corinthians e Figueirense. Pelo Timão foi em 1996, quando fez quase um gol partida. Mas a passagem de Edmundo pelo Parque São Jorge foi breve. Ele voltou para o Vasco, time que o revelou, no mesmo ano.

TONINHO – Antes de se destacar com a camisa do Palmeiras nos anos 70, o baixinho, habilidoso e oportunista Toninho foi muito bem com a camisa do Figueira. No Corinthians, em 1980, não conseguiu brilhar muito.

WILLIAN BIGODE – Hoje no Cruzeiro, o atacante passou pelo Figueirense antes de brilhar com a camisa do Corinthians. Ele fez parte do elenco campeão brasileiro de 2011 e da Libertadores de 2012.

Veja também:

Atlético-MG pode perder 10 mandos de campo por cusparada contra Tite

São Paulo ainda sonha com Pato e PH Ganso garante que fica para 2016

Tardelli fala sobre futebol chinês, Galo, Cuca, Seleção e futuro. Confira!

Deixe seu comentário