Dante sai do Bayern? Ou é hora de dar mais confiança ao zagueiro?

Brasileiro é o único defensor de ofício disponível para a próxima rodada e os rumores de sua saída do clube aumentaram nesta semana

214870
False

Nesta terça-feira, o elenco do Bayern de Munique posou para a tradicional foto anual da cervejaria Paulaner, umas das principais patrocinadoras do clube. Vendo a imagem, você sentiu falta de alguém? Sim, o zagueiro brasileiro Dante não apareceu na ação de marketing, aumentando ainda mais os rumores de sua saída - lembrando que a janela de transferências está aberta até 31 de agosto.

O defensor tem contrato com os bávaros até o meio de 2017 e vem sendo especulado em diversos times, como Bayer Leverkusen, clubes da Inglaterra e da Turquia. Nesta semana, surgiram informações de que Wolfsburg e Borussia M'gladbach também estariam dispostos a contratar Dante, que custaria algo em torno de 5 milhões de euros. O problema é seu salário, considerado muito alto.

Mas por que ele não apareceu para tirar foto da Paulaner? Falei com algumas pessoas ligadas a Dante e ao Bayern, e a informação oficial é de que o brasileiro foi avisado em cima da hora e que já estava em uma sessão de tratamento para reforço muscular, apenas por precaução. Dante não está lesionado e preferiram não esperá-lo.

Por falar em lesão, Badstuber também não aparece na foto, mas o zagueiro alemão sim está em tratamento intensivo por conta de um problema mais grave.

O fato é que Guardiola não morre de amores por Dante. Tanto que o brasileiro vem sendo preterido por Benatia no time titular, já que Boateng tem vaga assegurada na equipe. E quando Benatia não joga, o treinador opta por escalar Rafinha, Alaba ou até mesmo Xabi Alonso no miolo de zaga - na rodada passada, inclusive, quando Benatia se machucou, Pep colocou Rafinha ao invés de Dante.

Dante já não tem o mesmo prestígio com Guardiola (Foto: Getty Images)

E para o duelo diante do Bayer Leverkusen, no final de semana que vem? Com Benatia machucado e Boateng suspenso (ele foi expulso contra o Hoffenheim), Dante é o único zagueiro de ofício disponível no elenco. Badstuber e Kirchhoff, os outros defensores, também seguem lesionados.

Aos 31 anos de idade, Dante pretende permanecer no Bayern por mais algum tempo. Mas ele quer jogar, e tem consciência de que pode ajudar dentro de campo. Não dá para apagar e esquecer que o brasileiro foi titular absoluto de Jupp Heynckes na campanha da tríplice coroa da temporada 2012/2013, conquistando a Bundesliga, Copa da Alemanha e Champions League. E jogando muito. Até por isso foi chamado para Copa de 2014.

O Bayern está em busca de um zagueiro no mercado e tem poucos dias para encontrar. Mas fica a pergunta, ou ficam as perguntas: qual defensor de respeito está disponível? Quem o clube pode buscar? Talvez seja a hora de dar mais oportunidades a Dante, que perdeu a confiança depois que foi para o banco de reservas. Futebol também é confiança, lado psicológico, a perna do jogador pesa quando ele não está seguro. Ou Guardiola esqueceu que, um dia, disse que gostaria de ter mil Dantes no seu time?

Deixe seu comentário