Guerrero entra em uma seleção de craques que jogaram por Fla e Timão

Veja a seleção dos principais jogadores que atuaram com as camisas dos dois times de maior torcida do Brasil

202417
!Guerrero entra pro time de grandes jogadores que atuaram por Corinthians e Flamengo (Getty Images)
Guerrero entra pro time de grandes jogadores que atuaram por Corinthians e Flamengo (Getty Images)

Paolo Guerrero foi anunciado oficialmente como novo reforço do Flamengo. Ele, que foi ídolo no Corinthians entre 2012 e 2015, assina contrato com o rubro-negro por três temporadas. Agora, o peruano se junta a outros tantos craques que defenderam os times com maiores torcidas no país. Alguns:

FELIPE (GOLEIRO)

Campeão da Série B de 2008, da Copa do Brasil de 2009 e do Paulista (invicto) também em 2009, o goleiro Felipe, que foi revelado pelo Vitória da Bahia, teve passagens boas e conturbadas pelos dois clubes. Também foi campeão carioca pelo Fla.

ALESSANDRO (LATERAL-DIREITO)

Começou a carreira no Flamengo e teve bons momentos na equipe principal. Mas ficou marcado mesmo como jogador do Corinthians, onde, entre outros títulos, foi campeão da Libertadores e do Mundial de 2012.

RONDINELLI (ZAGUEIRO)

Paulista de São José do Rio Preto, Rondinelli explodiu para o futebol brasileiro jogando pelo Fla, onde ganhou o apelido de “Deus da Raça”, após ser o autor do gol que garantiu o título estadual, sobre o Vasco, em 1978. Passagem rápida pelo Timão em 1981.

GAMARRA (ZAGUEIRO)

O paraguaio, que costumava jogar limpo, teve passagem excelente pelo Corinthians entre 1998 e 1999. Também foi considerado um dos melhores zagueiros da história do Internacional. No Flamengo, não decepcionou, mas não foi o mesmo de Timão.

ANDRÉ SANTOS (LATERAL-ESQUERDO)

Teve duas passagens pelo Fla, mas, sem dúvida, foi melhor com a camisa do Corinthians, onde foi campeão da Série B em 2008 e em 2009 comemorou a Copa do Brasil e o Paulistão. No Fla, destaque para a Copa do Brasil de 2013.

VAMPETA (VOLANTE)

Seu nome não traz boas lembranças ao torcedor rubro-negra. Passagem apagada e com declarações polêmicas na Gávea. No Corinthians foi idolatrado pela Fiel. Teve três passagens pelo Corinthians: duas boas e uma apagada, em 2007.

SÓCRATES (MEIA)

Muito mais lembrado como craque do Corinthians, o Doutor Sócrates teve curta passagem pelo rubro-negro em 1986, onde formou meio de campo ao lado de Zico, Adílio e Andrade. No Timão foi o líder da Democracia. Venceu os Paulistas de 79, 82 e 83.

MARCELINHO CARIOCA (MEIA)

Revelado pelo Flamengo, Marcelinho Carioca chegou ao Corinthians em 1994 e se tornou em um dos jogadores mais importantes e vencedores da história do alvinegro. Exímio batedor de faltas, o meia foi fundamental em várias conquistas.

EDILSON (ATACANTE)

O Capetinha jogou bem pelos dois times. Antes de defender Corinthians e Flamengo, Edilson também se destacou com as camisas do Guarani e do Palmeiras. Assim como Vampeta, Edilson fez parte do elenco da seleção na Copa de 2002.

ADRIANO IMPERADOR (ATACANTE)

Sem dúvida, um dos principais nomes do Flamengo campeão brasileiro de 2009. Mas o Imperador teve uma passagem polêmica, porém vencedora pelo alvinegro. Em 2011 fez parte do elenco corintiano campeão nacional.

CASAGRANDE (ATACANTE)

Um dos principais centroavantes da história do Corinthians, Casagrande fez boas partidas com a camisa do Flamengo em 1993. Mas no seguinte, a pedido da Fiel, retornou ao Parque São Jorge, onde já tinha sido bicampeão paulista em 82 e 83.

Outros jogadores

Hugo (goleiro), Leandro Silva (lateral-direito), Fábio Luciano (zagueiro), Márcio Costa (zagueiro), Roger Guerreiro (lateral-esquerdo), Fábio Baiano (volante), Elias (volante), Renato Augusto (meia), Renato Abreu (meia), Edmundo (atacante), Edmar (atacante), Luizão (atacante), Roger Flores (meia), João Paulo (atacante), Souza (meia), Souza (atacante), Jean (atacante), Ibson (volante), Almir Pernambuquinho (meia), Liédson (atacante), Vágner Love (atacante), Fernando Diniz (meia), Mané Garrincha (atacante), Paulo César Caju (meia-atacante), Célio Silva (zagueiro), Gil (atacante), Branco (lateral-esquerdo)... 

Veja também:

Santos acionará empresa de pai de Neymar e Barcelona na Justiça

Blatter resiste a escândalo e é reeleito após desistência de jordaniano

Del Nero nega ter recebido propina e descarta renúncia: 'Não há razão'

Deixe seu comentário