Messi é o jogador com maior valor de mercado, segundo estudo

Jogador do Barcelona está cotado em R$ 385 milhões em 2012, seguido de Cristiano Ronaldo, que está avaliado em R$ 265 milhões

compartilhado
Lionel Messi foi novamente cotado como o jogador mais valioso do mercado, de acordo com estudo (Getty Images)
Lionel Messi foi novamente cotado como o jogador mais valioso do mercado, de acordo com estudo (Getty Images)
76954
compartilhado

O argentino Lionel Messi, cotado em 140 milhões de euros (R$ 385 milhões), é o jogador com maior valor de mercado em 2012, segundo uma classificação divulgada nesta quinta-feira (6 de dezembro) pela empresa brasileira de consultoria Pluri, que coloca Neymar na 6ª posição. De acordo com o relatório, o português Cristiano Ronaldo é o segundo jogador mais valioso do mundo, avaliado em 96,3 milhões de euros (R$ 265 milhões), seguido pelo espanhol Andrés Iniesta, que vale 68,4 milhões de euros (R$ 188 milhões). A empresa divulgou a lista e revelou que, se forem somados os 60 jogadores mais valiosos do mundo, eles chegariam a uma valor de 2,4 bilhões de euros em 2012, 20% a mais do que em 2011.

O atacante argentino do Barcelona lidera a lista pelo segundo ano consecutivo, assim como Cristiano Ronaldo, que também repete sua posição do ano passado. As três primeiras colocações do ranking, ocupadas por jogadores que atuam em clubes espanhóis, coincidem também com os atletas que concorrem ao prêmio Bola de Ouro 2012, que será entregue em janeiro pela Fifa e pela revista francesa France Football.

O quarto colocado é o britânico Wayne Rooney, do Manchester United, com 60,2 milhões de euros (R$ 165,6 milhões). O colombiano Falcao García, que atua no Atlético de Madrid, teve uma ascensão meteórica passando do 40° lugar para a quinta colocação, com um valor de mercado de 56,1 milhões de euros (R$ 154,3 milhões). Falcao, que foi valorizado em 87% neste ano, supera Neymar, que ficou na sexta colocação com um valor de mercado de 55 milhões de euros (R$ 151,3 milhões). Dos 60 jogadores mais valiosos do mundo que compõem a lista, 39 são europeus, 20 sul-americanos e um é africano.

Por clubes, o Barcelona lidera o ranking de mercado ao fornecer 10 jogadores que somam 491 milhões de euros (R$ 1,2 bilhão). Em segundo lugar, aparece o também espanhol Real Madrid, que coloca 11 de seus jogadores na lista, com um valor total de 455 milhões de euros.

Recentemente, a consultoria divulgou um relatório sobre a relação dos salários dos treinadores no faturamento dos clubes. As conclusões do documento, que teve como base os 22 treinadores mais bem pagos do mundo, revelam que o italiano Carlo Ancelotti, com um salário anual de 13,5 milhões de euros (R$ 37,1 milhões), é o melhor com relação ao faturamento de seu clube: seu salário equivale a 15,9% da receita do Paris Saint-Germain. Em segundo lugar, se encontra Abel Braga, técnico do Fluminense, cujo salário de 3,5 milhões de euros (R$ 9,6 milhões) representa 11,4% do volume de negócio do clube. O terceiro lugar é para o chileno Manuel Pellegrini, treinador do Málaga, que recebe um salário de 3,6 milhões de euros (R$ 9,9 milhões), que supõem 7,8% da receita da equipe.

O treinador mais bem pago do mundo, o português José Mourinho, com um salário de 15,3 milhões de euros (R$ 42 milhões), aparece na 12ª posição, ao representar 3,2% da receita do Real Madrid. O treinador do Barcelona, Tito Vilanova, que recebe 7 milhões de euros (R$ 19,2 milhões), e o técnico do Bayern de Munique, Jupp Heynckes, com um salário de 5,3 milhões de euros (R$ 14,8 milhões), supõem apenas 1,6% da receita bruta de seus respectivos clubes, dado que os situa no último lugar na relação entre salário e faturamento da lista.

Links relacionados
Deixe seu comentário