Ídolo de Grêmio e Fluminense, Renato Gaúcho tirou os dois gigantes de filas históricas. Relembre

Treinador foi o grande responsável pelas conquistas da Copa do Brasil com os dois times, que serviram para tirar ambos de um longo período sem títulos nacionais

False
304744

Um dos maiores nomes do futebol brasileiro dos anos 1990, Renato Gaúcho tem uma história recente vitoriosa também como treinador. Atualmente no Grêmio, o ex-centroavante é responsável por tirar o Imortal e o Fluminense, ambos adversários desta quarta-feira pelas oitavas de final da Copa do Brasil, de grandes filas sem títulos nacionais. O FOX Sports transmite o duelo ao vivo e com exclusividade na TV fechada a partir das 21h30.

O primeiro feito aconteceu sob o comando do tricolor das Laranjeiras. Campeão brasileiro em 1984, os cariocas ficaram 33 anos sem levantar um troféu nacional de elite, uma vez que venceu a Série C do Brasileirão 1999. Porém, em 2007 o tabu foi levado a nocaute. Em uma campanha emocionante na Copa do Brasil, o Tricolor bateu o Figueirense na grande final e ficou com a taça.

Saiba mais:

Parreira revela os melhores brasileiros

Monaco recusa proposta por Mbappé

Zé Roberto fala de mudança no Palmeiras

Ainda sob o comando do Fluminense, Renato Gaúcho quase levou o clube a outro feito inédito no ano seguinte. Em 2008, o Tricolor chegou à grande final da Libertadores após uma campanha épica. Porém, nas penalidades, o time sucumbiu diante da LDU, do Equador, diante de mais de 70 mil torcedores no Maracanã.

Dono de uma história linda no Grêmio como centroavante, Renato Gaúcho também soma conquistas expressivas com o Imortal. Em sua terceira passagem como treinador pelo Rio Grande do Sul, Renato Portaluppi foi o grande líder da conquista da Copa do Brasil. Fazia 15 anos que o Grêmio não conquistava um torneio nacional e a quebra do tabu aconteceu na última temporada.

Após uma campanha aos trancos e barrancos o Imortal chegou à final contra o favorito Atlético-MG, mas fez questão de encaminhar o título ainda na partida de ida. No Mineirão lotado, os gaúchos venceram por 3 a 1 e levaram excelente vantagem para a Arena. Depois, um simples empate por 1 a 1 deu o troféu ao Imortal.

Deixe seu comentário