Cruzeiro leva virada, "vacila" nos pênaltis e é o primeiro brasileiro eliminado da Sul-Americana

Jogando no Paraguai, o clube mineiro chegou a abrir o placar com Thiago Neves, mas derrota por 3 a 2 nos pênaltis sacramentou a eliminação contra o Nacional

compartilhado
Compartilhar vídeo
Inserir vídeo
Tamanho do vídeo
303944
compartilhado

O Cruzeiro se tornou nesta quarta-feira (10 de maio) o primeiro brasileiro eliminado da Copa Sul-Americana ao perder para o Nacional do Paraguai por 3 a 2 nos pênaltis no Defensores del Chaco, em Assunção, após o time da casa vencer por 2 a 1 de virada no tempo normal, ainda pela primeira fase.

Após ter levado a melhor na ida há pouco mais de um mês, no Mineirão, também com um triunfo por 2 a 1, a Raposa abriu o placar na capital paraguaia e parecia encaminhar a classificação. Aos 11 minutos do primeiro tempo, Diogo Barbosa cruzou da esquerda e a defesa afastou apenas parcialmente. Thiago Neves bateu de primeira de pé direito e fez 1 a 0.

Entretanto, cinco minutos depois, o time da casa empatou. Depois do chuveirinho, Mayke errou feio no domínio, Villagra aproveitou a sobra de frente para Rafael e mandou para a rede.

Leia também:

Sonnen diz que EUA não querem Wanderlei Silva

Wanderlei Silva revela brasileiro com “contas a acertar”

Chael Sonnen segue fã do Palmeiras

A virada aconteceu aos 17 minutos da etapa final, em outro vacilo da defesa cruzeirense. Caicedo tocou mal para Léo, Núñez recolheu e levantou na medida. Bareiro cabeceou no canto direito e desempatou. Na sequência, aos 31, o time visitante ainda ficou com um a menos devido à expulsão do próprio Léo.

Nos pênaltis, Salgueiro e Rodríguez erraram pelo Nacional, com chutes por cima do travessão. Entretanto, Rojas acabou sendo o herói da torcida local ao defender as cobranças de Alisson e Arrascaeta, que fechou a série. Fabrício foi o outro atleta da equipe mineira a errar, acertando a trave esquerda.

O time de Assunção então avançou à segunda fase e se juntou a Ponte Preta, Nacional Potosí e Deportivo Cali, que conquistaram a classificação na terça-feira. O sorteio dos próximos confrontos está marcado para o dia 2 de junho.

Além da Macaca, o Brasil ainda conta com Fluminense, Corinthians, Sport e São Paulo na Sul-Americana, cuja próxima etapa terá os 22 classificados desta fase inicial mais dez equipes oriundas da Conmebol Libertadores Bridgestone.

Deixe seu comentário