Pênalti perdido no início, ‘mil chances’ e goleiro de boné de noite: Como foi o empate do Botafogo

Camilo desperdiçou penalidade logo no primeiro minuto. Porém, melhor em campo e mesmo perdendo por 1 a 0, o Fogão buscou o empate com Sassá

compartilhado
Compartilhar vídeo
Inserir vídeo
Tamanho do vídeo
301161
compartilhado

No duelo de líderes do Grupo 1 da Conmebol Libertadores Bridgestone, Barcelona de Guayaquil e Botafogo empataram por 1 a 1 e ambos seguem empatados na ponta da chave com sete pontos ganhos. Os gols do duelo foram marcados por Alemán e Sassá.

O ditado ‘quem não faz, toma’ caiu como uma luva para o Botafogo na partida desta noite. Ainda no primeiro minuto de partida, Roger tomou pênalti, que Camilo cobrou, mas viu o goleiro Banguera, que usava um boné de noite, defender no canto direito.

Mesmo com a perda da cobrança, o Botafogo seguiu em cima e criou outras grandes chances de gol. Na mais clara delas, Emerson testou na pequena área e o goleiro pegou. Na sobra, com o gol livre, Pimpão entrou de carrinho, mas mandou na trave. Sem o gol a favor, sobrou para o Barcelona abrir o marcador. Em lance individual, Alemán deixou Gatito no chão e anotou um golaço.

Saiba mais:

Douglas Costa é alvo de time inglês

United vale 4 vezes mais que rival

Juve deixou recado depois de classificação

O Fogão sentiu o gol e acabou acuado pelo time da casa. O paraguaio salvou o Botafogo ainda na reta final do primeiro tempo e foi para o intervalo com a desvantagem no marcador. Na segunda etapa, Jair Ventura mandou o time à frente e colocou Sassá, Guilherme e Fernandes em campo.

‘Sassálotelli’ teve excelente chance de cabeça na metade do segundo tempo, mas sozinho mandou na placa de publicidade atrás do gol. Em meio a toda ‘cera’ produzida pelos equatorianos, que não conseguiam encaixar o contra-ataque e viam o Botafogo pressionar com os três atacantes.

Depois de toda a pressão, o time carioca foi premiado com o gol de empate. Em cruzamento pela esquerda, a zaga equatoriana cortou com o braço. Pênalti, que Sassá cobrou bem de pé direito e empatou o duelo, quando o Fogão tinha um homem a mais em campo.

Deixe seu comentário