Leão não acredita em receio do Flamengo de jogar em 87 contra o Sport: "Tinha um esquadrão"

Em entrevista ao FOXSports.com.br, um dos maiores goleiros da história do futebol, que era técnico do rubro-negro do Nordeste na Copa União, exaltou a equipe comandada por Carlinhos, que tinha à disposição Zico e companhia

False
300772

Trinta anos se passaram, mas nada mudou. Flamengo e Sport seguem na Justiça a luta para reconhecimento do campeão brasileiro de 1987. Recurso atrás de recurso, o Supremo Tribunal Federal negou o último, por parte dos cariocas, na última terça-feira (18 de abril). Mas para falar das quatro linhas, o FOXSports.com.br foi atrás de um personagem da ocasião. A bola da vez foi Emerson Leão, um dos maiores goleiros da história do futebol brasileiro e técnico campeão com o time de Recife.

Em entrevista exclusiva ao FOXSports.com.br, ele admite que o assunto é bastante complicado e foge da esfera esportiva. Leão ressalta que o time carioca acatou uma ordem presidencial para não jogar e negou qualquer tipo de medo da equipe da Gávea para enfrentar Sport ou Guarani:

"Como colocar um time em campo sem autorização para jogar? Não pode. Você só coloca se tiver o aval de cima. Não acredito (em medo). O Flamengo tinha um esquadrão, poderia jogar em qualquer lugar, em qualquer momento", afirmou Leão, que volta a bater na tecla sobre a decisão ter sido além do âmbito esportivo:

"Se você não tem uma autorização, não tem como jogar. Uma decisão presidencial não permitiu que o Flamengo jogasse", finalizou.

A história entre Flamengo e Sport ganhou mais capítulo na última terça por conta do recurso negado do Supremo Tribunal Federal. Os cariocas buscam que o título da Copa União seja reconhecido. O Júridico da equipe da Gávea ressaltou que tentará um novo recurso se for possível.

Saiba mais:

Dudu na mira dos turcos

Paulinho confirma contatos

Lucas fala de retorno ao Brasil

Deixe seu comentário