Médico do Flamengo se mostra animado com a recuperação de Conca: ‘Dentro do cronograma’

Em Comunicado Oficial à imprensa, Márcio Tannure garante que o argentino estará à disposição do técnico Zé Ricardo para o fim de abril; atacante Thiago Santos e meia Ederson seguem o mesmo cronograma

compartilhado
Após romper o ligamento cruzado em agosto do ano passado, durante uma partida pelo Shanghai SIPG, seu antigo clube na China, o argentino passou por uma cirurgia e desde então vinha se recuperando por conta própria (Foto: Getty Images)
Após romper o ligamento cruzado em agosto do ano passado, durante uma partida pelo Shanghai SIPG, seu antigo clube na China, o argentino passou por uma cirurgia e desde então vinha se recuperando por conta própria (Foto: Getty Images)
292899
compartilhado

Nesta sexta-feira (17 de fevereiro), o Dr. Márcio Tannure, médico do Flamengo, veio junto à imprensa trazer novas informações sobre o processo de recuperação do meia Darío Conca. Segundo o especialista, o cronograma está dentro do previsto, e o argentino deve mesmo retornar aos gramados no final de abril.

“O Conca hoje tem em torno de um mês de trabalho e tem evoluído satisfatoriamente e progredido nos exercícios, já inclusive está conseguindo fazer alguns trabalhos no campo, mesmo que ainda com a equipe de fisioterapia, o que tem deixado o Departamento Médico animado com a sua evolução”, declarou Tannure.

Saiba mais:

Ex-Real surpreende ao falar quem é o melhor meia do mundo

Mina ficará no Palmeiras até a Copa do Mundo

Flamengo aumenta aproveitamento da base, confira!

Após romper o ligamento cruzado em agosto do ano passado, durante uma partida pelo Shanghai SIPG, seu antigo clube na China, o argentino passou por uma cirurgia e desde então vinha se recuperando por conta própria.

Em sua chegada ao Flamengo, em janeiro, Ronaldo Torres, preparador físico do jogador havia declarado que Conca estaria em condições de hoje em menos de um mês.

Além de Conca, o atacante Thiago Santos e o meia Ederson também integram o departamento médico do clube. O primeiro, rompeu o ligamento cruzado durante um amistoso nas férias, já o segundo, não entra em campo desde julho do ano passado, com uma lesão óssea no joelho. Tannure garante que o processo de recuperação de ambos também está dentro do cronograma.

Deixe seu comentário