Emocionado, Alex dá adeus ao Internacional e lamenta situação do clube

Aos 34 anos, o jogador completou sua segunda passagem pelo Colorado. Ele foi homenageado pelo presidente Marcelo Medeiros e recebeu uma camisa com o número 323, quantidade de partidas que atuou pela equipe

compartilhado
Alex fez 323 jogos pelo Internacional (Getty Images)
Alex fez 323 jogos pelo Internacional (Getty Images)
288154
compartilhado

Alex se despediu mais uma vez do Internacional nesta terça-feira (11 de janeiro), depois de completar oito anos dedicados ao clube, em sua segunda passagem. Em entrevista coletiva realizada no fim desta tarde, logo após postar uma mensagem aos fãs, o meia não conteve as lágrimas ao falar sobre o time colorado e ainda lamentou deixar a equipe em seu momento mais complicado da história, após o rebaixamento para o Campeonato Brasileiro Série B.

“A saída acaba sendo difícil, mas os ciclos acabam. O problema é o momento. Eu sinto pelo clube, pelo torcedor, não é pela minha carreira. É uma condição dessa em que acabamos não conseguindo deixar melhor”, apontou o jogador de 34 anos. “Fica a gratidão obviamente por vocês. Temos momentos de acertos e erros, mas sempre mantivemos um contato respeitoso, e agradeço a parceria de alguns que conheço desde a primeira passagem”, completou.

Em reapresentação, Zago cita o Corinthians como exemplo para o Inter

Ao lado do presidente Marcelo Medeiros, que também agradeceu ao atleta, Alex foi homenageado recebendo uma camisa com o número 323 e a mensagem de “obrigado”. O número estampado faz referência a todas as partidas em que o meio-campista atuou pelo Gigante do Beira-Rio. Nesses 323 compromissos, entre 2004 e 2009 e 2013 e 2016, ele marcou mais de 50 gols e conquistou 12 títulos, entre eles, a Copa Libertadores e o Mundial de Clubes de 2006.

Saiba mais:

Camisa 10? Diretor do Flamengo afirma que tendência é que Conca vista a 11 e Diego siga com a 35

Negou: Mattos trata como 'impossível' chegadas de Pratto e Borja, mas projeta mais dois reforços

Será? Presidente do Nacional diz que ficaria "completamente louco" com a chegada de Ronaldinho

Apesar da identificação com a torcida e dos anos vitoriosos com a camisa colorada, o jogador deixa Porto Alegre após amargar a queda para a Segundona. O Inter nunca havia sido rebaixado.

Além dos agradecimentos e de todo o carinho, Alex apontou que desejaria permanecer com o time gaúcho até a aposentadoria, mas não explicou os motivos de sua saída. Ele também declarou que ainda não é hora de deixar os gramados, embora também não tenha dado pistas sobre seu futuro.

“É difícil a despedida. Isso iria chegar em algum momento, pela aposentadoria, como seria um desejo, mas vivemos num mundo competitivo que precisa de resultado e mudança”, finalizou.

Links relacionados
Deixe seu comentário