Especulado no Corinthians, Macnelly Torres é oferecido ao River Plate, diz jornal

Segundo o diário argentino Olé, meia campeão da Conmebol Libertadores Bridgestone com o Atlético Nacional pode desembarcar no clube Millonario; multa rescisória do jogador é avaliada em R$ 11 milhões

False
287942

Campeão da última Conmebol Libertadores Bridgestone com o Atlético Nacional, o meia Macnelly Torres foi oferecido ao River Plate. A notícia foi publicada nesta terça-feira (10 de janeiro) pelo diário Olé, da Argentina. A cláusula de rescisão do jogador de 32 anos é de 3,7 milhões de dólares, algo em torno de R$ 11 milhões, valor que assustou o Corinthians, que chegou a demonstrar interesse no colombiano.

Credenciado para a disputa da competição continental após o título da Copa Argentina, sobre o Rosario Central, o River Plate busca no mercado de transferência alguns reforços de peso, e o nome de Macnelly Torres se encaixa nesse perfil. A equipe, porém, tem um pequeno problema em seu elenco, que já conta com o número limite de quatro estrangeiros permitidos por equipe – Camilo Mayada (URU), Iván Alonso (URU), Arturo Mina (EQU) e Jorge Moreira (PAR).

Veja também:

Mudança a vista! FIFA confirma e Copa do Mundo terá 48 participantes a partir de 2026

Negócio da China: Dirigente do Vitória afirma que clube chinês pagará multa integral de Marinho

Ainda sem os reforços! Eduardo Baptista inicia trabalho no Palmeiras sem Guerra e Felipe Melo

O técnico da equipe, Marcelo Gallardo, já declarou que deve abrir mão de pelo menos dois desses nomes, que segundo a imprensa argentina, devem ser o do zagueiro Mina, contratado no ano passado junto ao Independiente Del Valle, e do volante uruguaio Camilo Mayada, que inclusive já foi especulado no Flamengo. Com isso, os Millonarios teriam espaço para a chegada do experiente meia colombiano.

Além dele, o clube argentino também mira a contratação de Walter Montoya, meia de 23 anos revelado pelo Rosario Central, onde no ano passado formou um meio de campo consistente ao lado de Lo Celso, vendido ao Paris Saint-Germain (FRA).

Macnelly Torres começou a carreira no Junior Barranquilla, depois migrando para outros clubes da América como Cúcuta (MEX), Colo Colo (CHI) e o próprio Atlético Nacional. Também jogou no exterior, no Al Shabab, da Arábia Saudita. No ano passado, além do título da Libertadores também conquistou a Copa da Colômbia e a Superliga Colombiana com o clube Verdolaga.

Deixe seu comentário