‘Parça’ de Neymar, MC Guimê explica sucesso de ‘País do Futebol’

Funkeiro falou com exclusividade ao FOXSports.com.br sobre a música que atingiu mais de 13 milhões de visualizações em menos de três meses

compartilhado
Compartilhar vídeo
Inserir vídeo
Tamanho do vídeo
139820
compartilhado

‘País do Futebol’. MC Guimê utilizou esse termo comum para nomear a música que se tornou um verdadeiro fenômeno. Em menos de três meses desde seu lançamento, o clipe que conta com a participação do rapper Emicida e do atacante Neymar, um dos jogadores que, talvez, represente melhor o termo ‘país do futebol’ na atualidade, já ultrapassou a marca de 13 milhões de visualizações no YouTube.

“Essa música surgiu com o intuito de contar essa história do sonho (de ser jogador de futebol) e um pouco da história que conheci a mais do Neymar. Sei que é um moleque de origem humilde, que batalhou para estar onde está hoje. É uma grande inspiração para nós que temos um sonho. Aí pensei em passar essa ideia para as pessoas que ouvem o funk”, disse o corintiano MC Guimê, em entrevista exclusiva ao FOXSports.com.br.

O funkeiro recebeu nossa equipe em sua produtora para um bate-papo descontraído para falar sobre a história da música que tem o futebol como principal tema, a inspiração para escrever a letra e, claro, os bastidores da gravação com o ídolo do Barcelona. “O Neymar chegou e já começou a gravar. A molecadinha ficou admirada. Ele fez até a mais do trabalho. Jogou bola com as crianças, deu o boné dele para um menino. Nesse dia, ele mesmo se viu quando era pequeno”.

“Se eu puder fortalecer o sonho de um menino que gosta de jogar futebol, não vou deixar de ajudar. É uma parada interessante”

O artista revela que levou cerca de apenas sete horas para conseguir concluir sua parte na música e ainda diz que até pensa em se tornar empresário de futebol no futuro para investir e ajudar garotos da periferia a se tornarem jogadores de futebol. “Se eu puder fortalecer o sonho de um menino que gosta de jogar futebol, não vou deixar de ajudar. É uma parada interessante”.

Veja também: Cabaye paga mico de boas vindas em jantar de recepção no PSG

Maya Gabeira deixa prancha e faz ensaio sensual para revista

Hernanes chora ao ouvir pedido de torcedor para permanecer na Lazio

Guimê aproveitou para falar sobre a quantidade de garotos que tentam ganhar a vida no mundo da bola, mas que desistem por conta dos obstáculos que surgem no caminho. Semelhante a sua história de superação, na qual saiu de um bairro humilde em Osasco para se tornar um dos principais nomes do funk na atualidade, o cantor tenta transmitir uma mensagem de incentivo para esses jovens. “É isso que a gente quer passar. A liberdade de você poder sonhar. O pior crime é a pessoa roubar seu sonho”.

Links relacionados
Deixe seu comentário